acesse o RN blog do jornalista João Bosco de Araújo [o Brasil é grande; o Mundo é pequeno]


sábado, 19 de setembro de 2020

Memória: O pioneirismo do cinema no bairro do Alecrim

Cinema no Alecrim

Por Anchieta Fernandes*

O bairro do Alecrim tem um pioneirismo que pouca gente conhece (ou se lembra): foi nele que pela primeira vez foi mostrado cinema falado em Natal. A 08 de abril de 1931, uma quarta-feira, o primeiro filme falado em Natal foi visto no Cine-Teatro São Pedro. A velha casa de espetáculos da Aven. 10, n° 674 (ou Presidente José Leite) era considerada na época o maior e mais confortável cinema do Rio Grande do Norte. Fora inaugurado na Noite de Natal de 1930 com o filme “Vivendo e Aprendendo”, da Fox. Tinha 700 poltronas. Era propriedade da Empresa Medeiros & Cia., de Lauro Medeiros.

O filme que mostrou, naquela sessão inaugural de cinema falado, aos natalenses – dentro de um novo contexto de objetivos que prosseguiria nos dias, meses e anos seguintes, tirando de vez a era do cinema mudo em nossa capital, e despertando a concorrência da Empresa Cavalcanti & Cia., proprietária dos cinemas Politeama e Royal, e que pela mesma época anunciava a próxima inauguração de filmes falados nos referidos cinemas – foi “General Crack”, da Warner Brothers, um musical colorido, apresentando legendas em português e o trabalho de intérprete de John Barrymore.

O sistema Vitafone, reproduzindo o som de uma orquestra de 60 professores, veio acabar em Natal com a era das orquestras ao vivo, tocando por trás da tela. E serviu para que o poeta Jaime Wanderley, em artigo publicado no jornal “A República” de 12 de abril de 1931 (“As Cintas Sonoras””) já defendesse filmes falados em português, que “agradarão melhor, mesmo porque, são para o gosto e senso estético e artístico de nossa sociedade.”

O que é inegável é que as sessões normais (7.30 da noite), as “soirées elegantes” (08 da noite) e as vesperais (05.30 da tarde) do Cine São Pedro, em filmes falados/musicados, vieram animar muito o setor de divertimentos do Alecrim. Anos e anos a velha casa de espetáculos foi ponto de encontro de gerações, e quando passou a exibir matinês, em sessões matutinas aos domingos, a criançada decidiu também formar em sua calçada o mercado sui-gêneris de troca, compra e venda de revistas de estórias em quadrinhos, precursor dos sebos natalenses.

Mas o São Pedro não foi o único cinema no bairro. Antes, a 07 de outubro de 1923, no Alecrim já fora inaugurado o Cine José Augusto. Anos depois, mais outro cinema alecrinense foi inaugurado: o Cinema São Luiz, que foi chamado “Palácio Encantado do Alecrim”, inaugurado no sábado, 26 de outubro de 1946, com o filme “Amar Foi Minha Ruína” (do diretor John M.Stahl). Depois de anos e anos divertindo e educando o povo, em meados dos anos 60 o seu proprietário, Senador Luiz de Barros, vendeu o prédio ao Banco do Brasil (ao preço de 500 cruzeiros), e o palácio encantado desencantou-se, encerrando suas atividades a 07 de março de 1974 (uma quinta-feira), com a apresentação do filme “A Morte em Minhas Mãos” (dublado em inglês com o título “The Chinese Boxer”), filme feito em Hong-Kong, produzido pela Companhia Show Brothers Company, dos irmãos Rumne e Run Run.

O Cine Alecrim, por sua vez, é do ano seguinte. Este cinema, de propriedade de Cristóvão Bezerra, e instalado à Praça Gentil Ferreira, com 400 plotronas, foi inaugurado no sábado, 13 de setembro de 1947, com o filme “Perseguidos”, onde se destacavam os astros Errol Flyn e Helmut Dantine. A sessão inaugural começando às 3.20 da tarde, com o público pagando Cr$ 2.40 pelo ingresso (mas com a possibilidade de algumas pessoas ganharem “valioso brinde”). Neste início do Cine Alecrim foram apresentados em seus salões, além de filmes, shows com cantores, mágicos e um deles com um recital de Zé Praxedes – o “poeta vaqueiro”.

Outros cinemas tradicionais se conta na história do bairro que Palmira Wanderley chamou poeticamente “bairro do samba, da folia/Das advinhações e da magia/...bairro da feira domingueira,/Numa algazarra louca.” Um cinema tradicional: o São Sebastião, existindo na Rua dos Paianazes. Outro: o Paroquial, ao lado da Igreja de São Pedro, inicialmente pertencendo à paróquia, como o próprio nome diz. Deste, derivou o Cinema Olde, que foi inaugurado no sábado, 17 de janeiro de 1970, inicialmente passando filmes de 16mm.

A 17 de outubro de 1991, à Avenida Coronel Estêvam, foi inaugurado o Cine Espacial, com o filme “Darkman – Vingança Sem Rosto”. O proprietário do Cine Espacial era o Sr. Erinaldo Bezerra da Silva, e o gerente Vinício Canindé Fernandes. Mas este cinema durou pouco tempo.

Esta, a história cinematográfica do bairro pioneiro em cinema falado para o espectador natalense. Uma história que falta ser completada: quando algum cineasta se interessar em documentar a paisagem humana e sócio-cultural das suas feiras, da vida no centro comercial, dos tipos humanos, dos variados tipos de habitações, das suas festas (profanas e religiosas), até mesmo da forma de agir dos seus marginais – em fim, da psicologia e filosofia de vida de um povo que mescla raças e simboliza estratos sociais dos mais simples.

*Anchieta Fernandes – Escritor, pesquisador especialista da arte cinematográfica / Publicação do Jornal Zona Sul.

Foto de arquivo reproduzida da Internet/bairro Alecrim

©2020 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN | Instagram.com/assessorn

Notas da Casa Durval Paiva

EDUCANDO À DISTÂNCIA

A Classe Hospitalar e Domiciliar da Casa Durval Paiva vem desempenhando, como medida emergencial de acompanhamento educacional remoto, um acolhimento com os alunos/pacientes, utilizando a rede social WhatsApp para manter um vínculo educacional e de suporte às atividades enviadas pelas escolas de origem. 

RETINOBLASTOMA

Nesta sexta, 18/09, é referendado o Dia Nacional de Conscientização e Incentivo ao Diagnóstico Precoce do Retinoblastoma. Um tumor maligno raro originário das células da retina, que pode ocorrer no início da infância ou em lactentes e afetar um ou ambos os olhos. Os tratamentos incluem quimioterapia, radioterapia e terapia a laser.

LINFOMAS

Nesta semana foi lembrado o Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas, 15/09. O linfoma é um tipo de câncer que afeta o sistema linfático – parte do corpo responsável pela defesa do organismo contra doenças e infecções. Também pode surgir nos tecidos linfáticos, como os linfonodos, o fígado, o baço e a medula óssea. 

SETEMBRO DOURADO

O Hospital Guiomar Fernandes da cidade de Alexandria/RN abraçou o Setembro Dourado e realizou o lançamento da campanha de conscientização sobre o câncer infantojuvenil. Faça você também como o Dr. Napoleão Veras e toda a sua equipe, abrace também essa causa e ajude a salvar vidas.

JOSÉ RODOLFO DE LIMA LUIZ

José Rodolfo de Lima Luiz tem 09 anos. Ele chegou na Casa Durval Paiva em 2014 com um diagnóstico de Linfangioma. Reside em Natal e prossegue em tratamento, recebendo todo o suporte da instituição.

Newsletter Boletim Semanal: https://bit.ly/2ZOnrC7

Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva

Assessoria de Comunicação

Sandra Cerqueira

Assessora de Imprensa

84 99981-3474/ 99622-4544

Imagens relacionadas à divulgação

©2020 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN | Instagram.com/assessorn

Empresa de combustíveis lança promoção que vai estampar paixão dos torcedores do Corinthians e premiar camisas do Timão

Promoção "110 anos de loucura" celebra aniversário do Timão e será realizada até 6 de novembro

Para celebrar os 110 anos do Corinthians, a ALE Combustíveis, patrocinadora oficial do clube, lançou, nesta semana, uma ação promocional para prestar homenagem ao Timão e ao “bando de loucos”. A companhia vai realizar, até o dia 6 de novembro, a promoção “110 anos de loucura”, que vai estampar a paixão pelo time no muro de 400m do CT Joaquim Grava e premiar torcedores, instantaneamente, com uma camisa oficial do time por dia. Serão 60 premiados no total.

Como se cadastrar

Para participar, os torcedores devem se cadastrar pelo hotsite www.110anosdeloucura.com.br e escolher cinco entre 10 alternativas de fatos históricos relacionados ao Timão. Depois disso, o participante já vai concorrer ao prêmio instantâneo.

Ao final da promoção, no dia 6 de novembro, os cinco fatos históricos mais votados pelos torcedores serão reproduzidos no muro do centro de treinamento do Corinthians, localizado no complexo do Parque Ecológico do Tietê, em São Paulo. A homenagem da ALE e de todos os torcedores aos 110 anos do Timão será eternizada no CT do clube.

Para marcar o ano comemorativo, a ALE também está participando das lives que o Corinthians promove às terças-feiras, a partir das 19h10, durante todo o mês de setembro, com divulgação nas redes sociais oficiais do clube. Com o objetivo de reforçar as ações comemorativas, a companhia firmou uma parceria com o influenciador digital Sid, do perfil @naosalvo, que vai conversar com convidados em dois quadros patrocinados pela ALE nas lives do Timão: “Tudo menos futebol” e “Que história é essa, Fiel?”.

A ALE ampliou o patrocínio ao Corinthians nesta temporada e ganhou mais destaque na parte frontal das camisas oficiais da equipe de futebol masculino profissional do time. “Celebrar uma história de tantas conquistas, recheada de grandes emoções, é um orgulho para nós, como patrocinadores. A ação que estamos promovendo é uma forma de prestar homenagem ao Timão, um dos clubes mais tradicionais do nosso país, e para os torcedores, que, com muita raça e amor, vivem pelo Corinthians. Esses 110 anos de glórias mil serão marcados, ainda, pela reprodução dos fatos históricos, o que, sem dúvida, vai eternizar essas conquistas por meio da arte", declara Diego Pires, diretor de Marketing e Varejo da ALE.

Fundada em 1996, a ALE é a quarta maior distribuidora de combustíveis do país, com uma rede de cerca de 1,5 mil postos e 6,5 mil clientes ativos em 21 Estados e no Distrito Federal. A empresa gera cerca de 12 mil empregos diretos e indiretos.

Por assessoria de imprensa

Imagem relacionada à divulgação

©2020 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN | Instagram.com/assessorn

Curso online treina profissionais para qualificar o registro de dados na Atenção Básica do SUS

 Já está disponível curso on-line que prepara os profissionais da Atenção Primária para o preenchimento de informações de atendimento da população

As informações coletadas durante o atendimento dos cidadãos são muito importantes para apoiar as políticas públicas de saúde. É com base nesses registros feitos pelos profissionais que atuam nas unidades básicas da Atenção Primária à Saúde (APS) que a gestão — de todas as esferas administrativas — e a própria equipe poderão visualizar a realidade epidemiológica do território e das pessoas que nele vivem. Para qualificar esse registro, está disponível virtualmente o curso Qualidade de Dados em Registro da APS.

A coleta qualificada de informações em saúde é fundamental para também ofertar uma assistência de qualidade, por isso o Ministério da Saúde, em parceria com o Departamento de Ciências de Dados da Faculdade de Medicina da UFMG  e com Centro de Telessaude (HC-UFMG/Ebserh), disponibiliza o curso para preparar os profissionais da APS para o registro de dados de maneira adequada, como parte da estratégia do e-SUS APS.

O registro de dados sobre a saúde da população é uma das atividades essenciais da APS e é o que vai estruturar todas as ações na comunidade. Com a capacitação, o profissional poderá avaliar de forma crítica o registro de dados no sistema e-SUS APS, verificar o impacto da qualidade dessas informações inseridas em formulários de coleta e utilizá-las para gestão do SUS e para tomada de decisão no âmbito das políticas públicas de saúde.

A boa prática de registro pode ser aprendida e treinada levando a uma prestação de cuidado mais segura, efetiva e que proporcione a geração de  relatórios de saúde mais confiáveis e úteis para planejar e monitorar ações de vigilância à saúde no território.

Formação on-line

O curso conta com três unidades, e o seu conteúdo é direcionado a todos os profissionais da APS, independentemente do estágio em que se encontra a implantação da estratégia e-SUS APS na unidade em que atuam. A primeira unidade é sobre a qualidade de dados em saúde, com foco nos registros em formulários eletrônicos ou em papel, como o Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC), cartão de vacina e os formulários de Coleta de Dados Simplificada (CDS).

A segunda unidade é sobre os sistemas de informação em saúde como uma ferramenta de trabalho na APS, abordando a importância da qualidade de dados para que os relatórios sejam úteis na análise do território. Já a terceira unidade aborda as estratégias para qualificação de dados na APS, como o uso de terminologias e aplicativos.

A oferta será por meio do ambiente virtual de aprendizagem, que traz recursos como videoaulas, infográficos e exercícios comentados  baseados nas tarefas diárias das unidades de saúde.  Além disso, o participante terá acesso a um livro digital, em formato PDF, que poderá baixar e consultar quando quiser. O acesso poderá ser feito por meio do telefone celular, tablet, computador ou notebook conectados à internet. O curso foi desenvolvido em duas versões, uma com a participação restrita para médicos, enfermeiros e odontólogos, que fica disponível dia 14 de setembro, e outra voltada para agentes comunitários de saúde, auxiliares de enfermagem e agentes de endemias a partir de outubro. O curso é gratuito e tem carga horária de 10 horas.

A inscrição e o primeiro acesso são feitos diretamente no endereço eletrônico https://moodle-saude.dcc.ufmg.br/. Lá mesmo, o profissional fará o seu cadastro, terá seus dados validados e receberá uma mensagem de confirmação pelo e-mail informado na inscrição.

Serviço

Curso: Qualidade de Dados em Registro da APS

Início do curso 1: 14 de setembro de 2020

Público: médicos, enfermeiros e odontólogos

Início do curso 2: Outubro de 2020

Público: agentes comunitários de saúde, auxiliares de enfermagem e agentes de endemias

Duração: 10 horas

Vagas: 20 mil para cada curso

Plataforma: https://moodle-saude.dcc.ufmg.br/

Fonte: Informativo da SAPS/MS

©2020 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN | Instagram.com/assessorn

Nova Metrópole abre inscrições para seu processo seletivo de incubação de startups

Incubadora sediada no IMD oferece infraestrutura, consultorias e benefícios para startups em Natal

A Inova Metrópole – incubadora de empresas do Parque Tecnológico do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) – abriu as inscrições para o seu processo seletivo voltado a empreendedores interessados em seu processo de incubação.

A seletiva, cujas inscrições podem ser feitas por meio do formulário, destina-se a empresas que desenvolvem produtos ou serviços baseados em Tecnologia da Informação (TI) e que estejam no estágio inicial de seu processo de comercialização.

O número de vagas para a seletiva variará de acordo com a capacidade física da incubadora, que será divulgada posteriormente no portal da Inova Metrópole.

O processo, conduzido por meio de uma comissão instituída pela própria incubadora, consistirá em duas etapas: análise documental e avaliação da proposta de produto ou serviço. Serão vedadas as participações de empresas candidatas já “graduadas” no processo de incubação ou que tenham débitos com a Inova.

Incubadora

Atualmente, a incubadora sediada no IMD abrange, além de 10 startups pré-incubadas, 11 negócios incubados, os quais permanecem no processo por um prazo de até 36 meses, prorrogáveis por mais 12.

Todas as empresas vinculadas à Inova Metrópole são beneficiados com uma infraestrutura física diferenciada, além de consultorias em áreas como contabilidade, marketing e gestão, divulgação nas mídias da incubadora e acesso a um dinâmico ecossistema empresarial e acadêmico de negócios e inovação.

A instituição está localizada na sede do IMD, uma estrutura de mais de 8 mil m², distribuídos entre 137 salas, dentre ambientes de coworking e de reuniões, auditórios e um supercomputador com capacidade com mais de 2,1 mil núcleos de processamento e 8 terabytes de memória RAM. Confira aqui a lista de empresas cadastradas no programa de incubação.

Assessoria de Comunicação do Instituto Metrópole Digital/UFRN

(84) 99229-6564

Imagem relacionada à divulgação

©2020 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN | Instagram.com/assessorn

Universidade pede patente de nova tecnologia para utilização na indústria aeroespacial e automobilística

Com campo de aplicação entrelaçado às indústrias aeroespacial, naval, construção civil e automobilística, cientistas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) criaram um processo de tratamento de uma argila para a separação das lamelas que a compõe e, a partir disso, a inserção de compostos orgânicos. As lamelas são estruturas dentro da argila frequentemente encontradas muito próximas umas às outras. Esse pequeno espaçamento traz dificuldades, como a de moléculas de certos solventes ou polímeros não conseguirem ‘entrar’ nas lamelas da argila. Esse processo de tratamento proporciona novas propriedades para a superfície das argilas e melhorando sua dispersão de polímeros como a resina epóxi, produto extremamente versátil que pode ser utilizado para recobrimento de superfícies, piso e para impermeabilização. Nessa última funcionalidade, reside a funcionalidade principal do invento.

“A aplicação é a incorporação da argila em resina epóxi para obtenção de superfícies hidrofóbicas, ou que repelem água. É importante ressaltar que há diversas áreas da indústria que necessitam proteção contra a presença de água na superfície, tais como a naval, para evitar corrosão, e aeronáutica, para livrar-se do acúmulo de água nas asas, impedindo o congelamento do líquido nas asas”, contou Mauricio Roberto Bomio Delmonte.

Juntamente com Arthur Gabriel Bezerra de Azevedo, Maria Carolina Burgos Costa do Nascimento e Fabiana Villela da Motta, ele forma o grupo que realizou o estudo vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais (PPGCEM). Com apoio do CNPq, a primeira fase da pesquisa remonta ao ano de 2014, momento no qual foram estudadas rotas de funcionalização das superfícies de nanopartículas, com incorporação em um polímero, no caso o silicone.

A segunda etapa acontece a partir de 2018, com o trabalho de mestrado de Arthur Azevedo, quando é iniciado o estudo da incorporação das argilas em resinas epóxi. O resultado dessa dissertação rende como fruto direto a descoberta do processo de tratamento e o posterior depósito de pedido para patentear a invenção, denominado “Processo de modificação físico-química de argila montmorilonítica”.

Hoje doutorando, Arthur Azevedo assinala que atualmente acontece a continuidade dos estudos para aprofundamento das pesquisas. Ele acrescenta que o objetivo central da tese que está desenvolvendo é entender como a mudança das propriedades superficiais das argilas modulam o grau de repelência da água na superfície em que a resina epóxi for depositada.

O viés da aplicação do que é pesquisado, presente em todas essas três etapas, é utilizado por Maurício Bomio para defender a ideia de que a principal relevância do processo de patenteamento “é demonstrar para nossos estudantes que as pesquisas desenvolvidas em nossos laboratórios da UFRN podem proporcionar o desenvolvimento de tecnologias aplicáveis para nossa sociedade, o que acredito que motiva nossos estudantes a rever o pensamento científico para o desenvolvimento de pesquisas mais aplicáveis”, finalizou.

Wilson Galvão/Assessoria de Comunicação da Agência de Inovação da Reitoria da UFRN

Imagem relacionada à divulgação

©2020 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN | Instagram.com/assessorn

sábado, 12 de setembro de 2020

Notas da semana da Casa Durval Paiva

SINAIS DE ALERTA

O diagnóstico precoce do câncer infanto juvenil pode salvar vidas. Fique atento aos principais sinais de alerta. Confira o vídeo da campanha Setembro Dourado, promovida pela Coniacc e apoiada pela Casa Durval Paiva. https://bit.ly/3bJeBuh

O QUE É CÂNCER

Câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado (maligno) de células que invadem os tecidos e órgãos, podendo espalhar-se (metástase) para outras regiões do corpo. Saiba mais https://bit.ly/2FruLMx

MOBILIZAÇÃO NA REDE

Diversos jornalistas, influenciadores digitais e celebridades têm dado apoio à luta contra o câncer infantojuvenil. Já circula no Instagram da Casa Durval Paiva um desafio incentivando os participantes a compartilharem informações sobre o Setembro Dourado. https://bit.ly/35pIZZi

ANA VITÓRIA 

A superação do câncer de Ana Vitória Sombra de Souza, 16 anos, que reside em Doutor Severiano/RN, é uma dentre tantas na Casa Durval Paiva. Cadastrada desde 2015, com diagnóstico de Leucemia, ela encontra-se na fase de manutenção, com acompanhamento médico a cada 6 meses.

Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva

Assessoria de Comunicação

Sandra Cerqueira

Assessora de Imprensa

Imagens relacionadas à divulgação

84 99981-3474/ 99622-4544

©2020 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN | Instagram.com/assessorn

Festival encerra programação com lançamento do novo disco da Banda Camomila Chá

 

Fechando a programação do Festival Camomila, neste sábado (12), a banda de cantos sagrados e mantras Camomila Chá lança o novo disco “Reconexão”. “Reconexão” é o segundo álbum de estúdio da Camomila Chá e é um convite a olhar pra dentro. Camila Pedrassoli e Juliana Furtado se uniram a convidadas especiais como Tiquinha Rodrigues, Vitoria de Santi, Marie Gabriella, Bia Wolf e Ju Strassacapa em 6 músicas com letras que dialogam perfeitamente com o nosso momento atual. Olhar pra dentro e poder se reconectar com a nossa essência, aprender a lidar com as adversidades e experimentar a impermanência tão de perto trouxe à banda momentos de criatividade e aprendizado que foram transformados em música.

“Escrevi as letras em momentos de reflexão e contemplação que esta pausa de 2020 permitiu. Compartilhar isto será de grande significado pra mim. Todo o processo foi cheio de amor, isso se reflete desde a criação das músicas até a capa do álbum, feita pela maravilhosa artista e amiga querida Ara Teles, que após uma conversa captou totalmente a essência do trabalho e nos surpreendeu com essa capa sensível, forte e mágica”, diz Juliana Furtado. Com distribuição da Rapport Produções, “Reconexão” será lançado neste sábado no Festival Camomila e estará disponível a partir do dia 16 de setembro em todas as plataformas digitais.

Além do lançamento do disco, o último dia do Festival Camomila contará também com aula de Yoga e Meditação, com Lu Maria; Palestra de Feng Shui, com Silvie Andria; Palestra “Homeopatia: Autoconhecimento e Equilíbrio Vital”, com Dra. Maria Goretti e o Musical “Em casa com Khrystal”.

O Festival Camomila conta com o Patrocínio da Prefeitura do Natal e Unimed Natal, através da lei de incentivo Djalma Maranhão, e realização da Guria Produtora.

Festival Camomila 12/09 - Programação

9h – Aula de Yoga: Yoga e Meditação com Lu Maria

15h – Palestra de Feng Shui com Silvie Andria

16h – Palestra: “Homeopatia: Autoconhecimento e Equilíbrio Vital” com Dra. Maria Goretti

17h– Musical “Em casa com Khrystal”

19h– Musical Lançamento do CD “Reconexão” com a banda Camomila Chá

Sobre a Camomila Chá

A Camomila Chá é uma banda de mantras, cantos sagrados e meditação. Idealizada por Juliana Furtado e Camila Pedrassoli, a banda nasceu de uma vontade de compartilhar momentos de paz, amor e autoconhecimento, buscando uma reflexão sobre nosso papel como Ser neste mundo. Através da música e de um trabalho corporal associado, a Camomila Chá propõe elevar a vibração proporcionando uma experiência feliz, relaxante e reflexiva.

Banda Camomila Chá - “Reconexão”

Ficha Técnica:

Camila Pedrassoli - voz, violões, harmônio, synth e efeitos

Juliana Furtado - voz, shruti box, sinos e efeitos

Gravação: Camila Pedrassoli

Edição: Camila Pedrassoli

Mixagem e Masterização: Eduardo Pinheiro - Estúdios Megafone

Produção Executiva: Guria Produtora

Assistente Produção: Vitoria de Santi e Carol Queiroz

Capa: Ara Teles

Mídias sociais: Byanca Vanderlei e Jamisson Pinheiro

Assessoria de imprensa local: Sollar Comunicação

Assessoria de imprensa nacional: Trovoa Comunicação

Selo: Guria Produtora

Distribuição: Rapport Produções

Faixa 4 - "Tudo é luz" voz Marie gravada por Zelão Martins

Faixa 6 - "Eu vou girando" tambores e vozes gravados e editados por Bia Wolf e Ju Strassacapa no estúdio Nimbus/SP mixada por Florência Saraiva

Convidadas especiais:

Tiquinha Rodrigues - Violino

Vitória de Santi - teclado e baixo

Marie Gabriella - voz em “Tudo é Luz”

Bia Wolf e Ju Strassacapa – vocais, tambores e efeitos em “Eu vou girando”

Luciana Oliveira

Assessora de Imprensa

luciana@sollarcomunicacao.com.br

(84) 98728-0813

Imagem relacionada à divulgação

©2020 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN | Instagram.com/assessorn

“Internacionaliza RN” realiza segundo webinar sobre expansão de mercado

 Evento acontecerá no dia 18 deste mês, às 15h. Inscrições estão abertas.

Iniciativa da Câmara de Comércio, Indústria e Turismo Brasil-Portugal e do Parque Tecnológico Metrópole Digital, a série de webinars sobre estratégias para alcance do mercado do exterior – que agora recebe o nome de Internacionaliza RN – promoverá, no dia 18 deste mês, uma apresentação online com o tema “Internacionalização: como descobrir se sua empresa está pronta para expandir mercado”.

Apresentada por Patrício do Prado, estrategista de exportação, a palestra virtual contará com uma série de discussões sobre aspectos pragmáticos da internacionalização de empresas, métodos para exportação de startups, entre outros assuntos. As inscrições  podem ser feitas por meio do link https://bit.ly/1809webinar2.

“Qualquer um tem chance no exterior, contanto que entenda o mercado. Alguém paga aqui no Brasil por um produto ou serviço e isso acontece porque ele tem uma necessidade específica de consumo. Essa mesma necessidade pode, muitas vezes, também existir lá fora, a questão é saber direitinho qual a demanda que você vai satisfazer”, comenta Patrício do Prado.

Iniciativa que também recebe o apoio de instituições como Sebrae, Fiern, Governo do RN, Prefeitura do Natal e Rede Potiguar de Incubadoras e Parques Tecnológicos (Repin), o Internacionaliza RN prevê, além do evento do dia 18, mais três seminários virtuais, que acontecerão ao longo dos próximos meses.

O objetivo da ação é traçar, sob a ótica de especialistas do mercado, um cenário completo para quem quer alcançar novos mercados ao redor do mundo, especialmente nos cenários português e europeu. Ao final de cada encontro, também será reservado um canal individual ou em grupo para tirar dúvidas dos empreendedores participantes.

Pensamento global

O diretor do Parque Metrópole, Rodrigo Romão, ressalta a importância da iniciativa para que os empreendedores locais passem a ter um pensamento global quanto aos seus negócios. “Por que não, logo no início de um empreendimento, pensá-lo de forma internacional?”, propõe ele.

Ainda segundo o diretor, sob o ponto de vista econômico, o momento é propício para o planejamento de ações de internacionalização, seja para superar o momento de dificuldade trazido pela pandemia de Covid-19, seja pela desvalorização do Real.

A diretora de internacionalização e relacionamento com o mercado da Câmara Brasil-Portugal, Daniela Freire, destaca que o fato de vários órgãos ligados à Rede já terem projetos voltados para o mercado exterior facilitou a criação da parceria.

“Isso demonstrou que as instituições do estado não só estão atentas a soluções para mitigar o impacto da crise, como também estão atuando em bloco para estimular e preparar o empresariado local visando expandir mercado e fazer negócios com outros países, diversificando o risco da operação e tornando as empresas mais competitivas”, destaca ela.

Patrício do Prado

Fundador da Promoex, consultoria especializada em mercado internacional, Patrício do Prado atua no mercado de internacionalização de empresas há mais de 20 anos.

Nesse tempo, o palestrante já implementou uma série de projetos de marketing e exportação para companhias tanto do Brasil como de outros países da América Latina. Para o estrategista, a missão é acessar, vender e auxiliar nas conquistas de novos mercados por meio de parcerias de negócios e alinhamento de estratégias com os clientes.

Mais informações sobre Patrício do Prado estão disponíveis no link.

Assessoria de Comunicação

Instituto Metrópole Digital/UFRN

(84) 99229-6564

Imagem relacionada à divulgação

©2020 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN | Instagram.com/assessorn

sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Cine Drive-In Natal divulga curtas-metragens selecionados para a Sessão Goiamum Audiovisual

 Produções locais serão exibidas na "Sessão Goiamum Audiovisual", durante o Cine Drive-In Natal, em outubro no Arena das Dunas

Longe de um retorno presencial das salas de cinema e dos festivais, caberá ao projeto inédito Cine Drive-In Natal, que acontece durante o mês de outubro na área externa da Arena das Dunas, oferecer uma programação que contemple todos os públicos, incluindo a cena audiovisual potiguar. Curtas-metragens de realizadores locais também foram contemplados na Sessão “Goiamum Audiovisual”, que será exibida em dois sábados durante o Cine Drive-In Natal. A mostra é uma referência ao Festival Goiamum Audiovisual que atua há 10 anos no Rio Grande do Norte com foco no fomento e difusão do audiovisual contribuindo no desenvolvimento do segmento.

Dos 79 inscritos na seletiva, foram escolhidos 12 filmes entre ficções e documentários, pela curadoria convidada formada pelo conselheiro fiscal da Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Norte Rômulo Sckaff, a diretora da Cinemateca Potiguar Mary Land Brito e produtor e cineclubista João Claudio. São eles: Nada Foi Em Vão, de  Sihan Felix, Leningrado Linha 41, de Dênia Cruz, Dias Felizes, de André Santos; O Voo Do Pássaro Multicor, de Allan Cedrak; Quando As Coisas Se Desmancham de Aristeu Araújo; No Fim De Tudo, de Victor Ciriaco; Distorção, de Paula Pardillos e Davi Revoredo; Em Reforma, de Diana Coelho, Madrigal: Um Conto De Imagens Por Palavras , de Felipe Oliveira E Gustavo Alcântara; Lalá, do diretor Paulo Dumaresq; Cuscuz Peitinho de  Rodrigo Sena; e Meu Tempo É Quando?, de Rosália Figueirêdo e Buca Dantas.

Para o diretor Rômulo Sckaff, um dos curadores da “Sessão Goiamum Audiovisual”, é importante destacar que esta será a primeira vez em Natal mostrando a produção potiguar para além dos amantes do cinema. “Estamos falando de um público mais geral, onde justamente foi o grande exercício”. O curador ressalta nesta seleção a escolha de filmes potentes “com um diferencial capaz de ultrapassar a tela e se fixar no imaginário das pessoas”. Ele esclarece que alguns filmes muito bons ficaram de fora por limitação etária ou por terem linguagens mais experimentais.

“Temos que parabenizar os escolhidos que conseguiram evidenciar o quanto estamos em uma crescente no nosso estado quanto às produções. Que esse Cine Drive seja o ponto de partida para o reconhecimento do audiovisual potiguar como identidade de nosso povo”, comentou.

Para João Cláudio, a seleção ficou bastante representativa, com filmes de diferentes formas, olhares e escolas cinematográficas e certamente será capaz de cativar o espectador e despertar o interesse para a produção audiovisual potiguar. “Nós procuramos selecionar obras de diferentes estilos, produções e temas. Sempre prezando a diversidade, qualidade e, acima de tudo, a experiência do público. Serão sessões de muita diversão e descobertas!”

A professora Mary Land Brito disse que não foi uma questão de escolher entre melhores ou piores, mas aqueles que dialogam com o evento e o seu público-alvo. “É um evento onde se espera muitas pessoas que não são consumidores do audiovisual potiguar, porque são pessoas que irão para o Cine Drive-In pela experiência, então teremos um público que poderá ver esses filmes pela primeira vez”.  Para ela, foi uma curadoria e também um aprendizado.

Além dos curtas-metragens potiguares, o Cine Drive In Natal contará com diversos filmes em longa-metragem, clássicos brasileiros, grandes produções do cinema mundial para encantar, divertir e emocionar os espectadores.

Serão quatro edições no mês de outubro de 2020 no estacionamento externo da Arena das Dunas. O evento, realizado em parceria pela HD Produções e Casa de Produção, será ofertado gratuitamente, com toda a segurança exigida nos protocolos de retomada. 

O Cine Drive-In Natal conta com incentivo do Governo do RN, através da Lei Câmara Cascudo, e patrocínio da Cabo Telecom, e incentivo da Prefeitura Municipal de Natal, através da Lei Djalma Maranhão, e patrocínio da Unimed Natal.

Confira os filmes selecionados para a Sessão Goiamum Audiovisual:

- Nada Foi Em Vão – Direção: Sihan Felix - Livre – Ficção

- Leningrado Linha 41 – Direção: Dênia Cruz – Livre – Doc

- Dias Felizes – Direção: André Santos - 12 Anos – Ficção

- O Voo Do Pássaro Multicor - Direção: Allan Cedrak – Livre – Ficção

- Quando As Coisas Se Desmancham – Direção: Aristeu Araújo – Livre – Ficção

- No Fim De Tudo – Direção: Victor Ciriaco - 12 Anos – Ficção

- Distorção – Direção:  Paula Pardillos E Davi Revoredo - 12 Anos – Ficção

- Em Reforma – Direção:  Diana Coelho – Livre – Ficção

- Madrigal: Um Conto De Imagens Por Palavras – Direção:  Felipe Oliveira E Gustavo Alcântara – Livre – Doc

- Lalá – Direção:  Paulo Dumaresq – Livre – Doc

- Cuscuz Peitinho – Direção: Rodrigo Sena - 14 Anos – Ficção

- Meu Tempo É Quando? – Direção:  Rosália Figueirêdo E Buca Dantas – Livre – Ficção

Contatos com a imprensa

Cinthia Lopes | Típico Assessoria (84) 996010485

Luciana Oliveira | Sollar Comunicação (84) 9 87280813

Sobre a Curadoria da Sessão Goiamum Audiovisual

Equipe Curatorial:

- João Claudio Urbano (Cineclube Natal) - Membro do Cineclube Natal e realiza atividades de curadoria, formação de público e projetos editoriais pela instituição desde 2013.

- Mary Land Brito (Cinemateca Potiguar) – Mestre em Multimeios/Cinema pela Unicamp e graduada em Comunicação Social pela UFRN. É professora de audiovisual e produção cultural no IFRN Natal Cidade Alta e coordenadora da Cinemateca Potiguar. Atua com roteiro, produção, direção, difusão, preservação e ensino na área audiovisual. Foi professora da graduação em cinema na Universidade Potiguar e no Senac São Paulo, repórter da TVU e da TV Ponta Negra e atuou na comunicação da Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Ministério Especial dos Direitos Humanos.

- Rômulo Sckaff (ACCIRN) – Graduado em História e Audiovisual. É diretor do Festival Internacional de Cinema de Baía Formosa (FINC) desde 2016, foi membro da diretoria da Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas do Rio Grande do Norte (ABD&C/RN) e é conselheiro fiscal da Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Norte (ACCIRN).

Luciana Oliveira

Assessora de Imprensa

luciana@sollarcomunicacao.com.br

imagens relacionadas à divulgação

©2020 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN | Instagram.com/assessorn

FacebookTwitterWhatsApp

Sessão de cinema drive-in é atração do final de semana em Caicó

"Frei Damião, o Santo do Nordeste" e "Bacurau" são as atrações de encerramento do 3° Curta Caicó

Para quem busca alternativas de entretenimento em tempos de pandemia, as sessões de cinema em formato drive-in são boas opções. O formato, que vem se popularizando no Brasil, é uma opção segura e nostálgica e acontece, pela primeira vez, na região do Seridó, neste final de semana, dentro da programação de encerramento do 3° Curta Caicó.

O evento irá exibir uma programação gratuita de curtas do Projeto CineSesc e dois longas-metragens. Na sexta, será exibido o filme “Frei Damião, o Santo do Nordeste”, de Deby Brennand. E no sábado será exibido “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho. O público poderá acompanhar toda a sessão dentro dos seus veículos com transmissão do áudio via frequência de FM.

Seguindo as normas do decreto do Governo do RN que libera a realização de eventos em formato drive-in, só serão permitidos veículos com distanciamento de 1,5 metro, demarcado no espaço, e lotação máxima de quatro pessoas por veículo. Também não serão comercializados alimentos ou bebidas. Quem levar deverá consumir dentro do veículo e guardar os seus resíduos.

O 3º Curta Caicó foi realizado no período de 8 a 16 de agosto. A edição digital alcançou grande público nas redes sociais, com alcance de mais de 192 mil pessoas. A página do festival obteve mais de 87 mil visualizações e a plataforma de streaming obteve mais de 4 mil cadastros, alcançando inclusive 39 países.

O 3° Curta Caicó é uma realização da Referência Comunicação. O festival conta com patrocínio do Governo do RN, Fundação José Augusto, Lei Câmara Cascudo, Eletrocenter, Rende Gás e Slup. Além do apoio do Edital de Economia Criativa do SEBRAE, SESC (RN), Inplarn, Replac, Morada da Paz e Serrote Branco. Além dos apoios culturais: Prefeitura de Caicó, Místika, Elo Company, CTAV, ACCIRN, IFRN, UERN, além dos parceiros: Cardume, Setcenas, Inter TV e Canal Futura.

por assessoria de imprensa

foto relacionada à divulgação

©2020 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN | Instagram.com/assessorn

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Setembro Verde: Hospital Tarcísio Maia alerta sobre importância das doações de órgãos

 Durante o Setembro Verde, mês em que nacionalmente aumentam as discussões sobre a doação de órgãos, a Comissão Intra-Hospitalar de Doações de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT) do Hospital Tarcísio Maia, em Mossoró, está realizando a divulgação da temática através dos meios de comunicação da cidade, como também nas universidades.

“Este ano, em virtude da pandemia, estamos fazendo uma programação que leve a discussão ao maior número de pessoas, com atividades não presenciais, diferente das programações dos anos anteriores. A captação de órgãos é segura, mesmo em meio a pandemia. Todos os cuidados estão sendo tomados e o protocolo tornou-se ainda mais rigoroso para garantir total segurança no processo de doação”, informou a assistente social, Telma Ariana Belém, que faz parte da equipe do Tarcísio Maia.

No Dia Nacional da Doação de Órgãos, em 27 de setembro, a equipe da CIHDOTT vai colocar faixas, balões e cartazes em frente ao hospital, chamando a atenção da população, de forma simbólica e sem aglomerações, lembrando a importância da data.

Nesse período de pandemia, apenas uma captação foi realizada no Hospital Regional Tarcísio Maia, dentro dos mais rígidos controles de segurança devido a Covid-19, apesar de 21 potenciais doadores. A negativa familiar aumentou consideravelmente em Mossoró, e em todo o país, daí a necessidade de mais informações a população sobre o tema.

Composta por uma equipe multiprofissional - médico coordenador, enfermeira, assistente social, psicóloga e técnicos de enfermagem -  a Comissão Intra-Hospitalar de Doações de Órgãos e Tecidos para Transplantes do Hospital Tarcísio Maia foi reconstituída em julho de 2016. Dessa data até o início deste mês de setembro foram 23 captações de múltiplos órgãos, significando que cerca de 138 pessoas, que estavam na fila de espera por um órgão, foram beneficiadas com a oportunidade de continuar a viver.

Assessoria de Comunicação

Secretaria de Estado da Saúde Pública

(84) 3232-2618/3232-2630

©2020 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN | Instagram.com/assessorn

Postagens mais antigas Página inicial
Copyright © AssessoRN.com | Suporte: Mais Template