acesse o RN blog do jornalista João Bosco de Araújo [o Brasil é grande; o Mundo é pequeno]


segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

De bosta de preá, cercas de pedra e Banco do Brasil


Bosta de preá*

Por Ciduca Barros**

Historicamente, as cercas de pedra do sertão do Seridó têm um valor inestimável. Primeiramente, são uma herança dos primitivos moradores – portugueses que receberam da Coroa Portuguesa as históricas e enormes sesmarias. Ademais, as cercas também são construídas com pedras (abundantes na região até os dias de hoje) pela dificuldade (e o alto custo) que havia antigamente na aquisição de arame farpado, além da sua durabilidade, é claro, pois muitas delas já têm mais de um século. Precisamos ressaltar que as “cercas de pedra” não são uma criação seridoense, pois existem também na velha Europa (mormente na Escócia).

As agências do nosso Banco do Brasil de antigamente, na década de 1960, ainda financiavam a construção de cercas de pedras para a sua clientela rural sertaneja.

A filial de Caicó, cidade localizada no Seridó Potiguar, há alguns anos, financiou algumas braças de cercas de pedras para determinado cliente. Algum tempo depois do contrato realizado e do dinheiro liberado, mandou o seu fiscal para uma vistoria.

Vistoria realizada, o fiscal da Carteira Agrícola expediu o seu laudo com a seguinte observação: "O empréstimo está irregular. Verificamos que a cerca de pedra não é nova, pois constatamos, em algumas partes, bostas de preá".

O gerente da agência, à vista do laudo de fiscalização, mandou chamar o fiscal e sapecou-lhe a seguinte pergunta:

– Fiscal Ambrósio! Em que instrução normativa do Banco do Brasil está determinado que preá não pode cagar em cercas de pedra novas?

*Preá é um pequeno roedor de ampla divulgação no Nordeste brasileiro.

**Texto publicado na página do Novo Bar de Ferreirinha
Foto reproduzida da internet/
Canindé Soares
©2018 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN

Leandro Karnal ministra em Natal a palestra "Felicidade e Liberdade"

O pensador contemporâneo apresenta palestra em março de 2018 no Rio de Janeiro, Recife, Natal, Fortaleza e São Paulo. A realização é de Kratos Klio e Opus Promoções

Sucesso de público em sua última passagem pelo Rio Grande do Sul, Leandro Karnal já tem novas datas no Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE), Natal (RN), Fortaleza (CE), São Paulo (SP) com realização de Kratos Klio e Opus Promoções. O historiador pop, com mais de um milhão de seguidores no Facebook, ministrará palestra que tem como tema Felicidade e liberdade: a busca por um mundo de significados reais. As palestras ocorrerão nos seguintes dias e locais: dia 01 de março, no Teatro Bradesco Rio (Rio de Janeiro / RJ); dia 07 de março, no Teatro RioMar Recife (Recife / PE); dia 08 de março, no Teatro Riachuelo (Natal/RN); dia 09 de março, no Teatro RioMar Fortaleza (Fortaleza/CE); dia 13 de março, no Teatro Bradesco (São Paulo/SP). Confira o serviço completo abaixo.

No encontro com o público, o pensador analisa diversas propostas sobre a liberdade humana e a busca de um mundo de significados reais. O que guia a nossa vida? Quem ousa ser livre e quem se considera feliz? Pode funcionar uma sociedade na qual a felicidade se tornou um imperativo absoluto? Como as redes sociais influenciam ideais de felicidade e de autonomia pessoal? Afinal, onde está a vida plena? Essas e outras questões serão abordadas na palestra, assim como a mudança dos valores que definem uma vida bem-sucedida em cada momento da história

SOBRE LEANDRO KARNAL
Leandro Karnal é historiador, doutor em História Social pela USP e professor na UNICAMP.  É reconhecido em todo o país como importante intelectual e formador de opinião. Participa frequentemente de programas como o Jornal da Cultura, Café Filosófico entre outros.  Alguns de seus livros estão entre os mais vendidos do Brasil, como Todos Contra Todos; Diálogo de Culturas; Pecar e Perdoar; A Detração – Breve Ensaio Sobre o Maldizer; História dos Estados Unidos e Conversas Com Um Jovem Professor. É colunista fixo do jornal O Estado de São Paulo e tem participações diárias nas rádios e canais de TV do grupo Bandeirantes. Sua página do Facebook ultrapassou 1 milhão de seguidores e seus vídeos e frases circulam pela internet com enorme popularidade.

NATAL (RN)
Dia 08 de março
Quinta-feira, às 20h30
Teatro Riachuelo Teatro Riachuelo (Av. Bernardo Vieira, 3775 / Natal – RN)
www.teatroriachuelonatal.com.br

INGRESSOS:

Setor
Inteira
Meia-Entrada
Frisas
R$ 80,00
R$ 40,00
Balcão Nobre
R$ 100,00
R$ 50,00
Plateia B
R$ 120,00
R$ 60,00
Camarotes
R$ 120,00
R$ 60,00
Plateia A
R$ 140,00
R$ 70,00


Descontos não cumulativos a demais promoções e/ou descontos;
** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo.
***A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Rio Grande do Norte:
- IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
- ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br 
- PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.
- JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.
- JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
- PROFESSORES DA REDE PÚBLICA E PARTICULAR DE ENSINO mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação de Natal ou holerite acompanhado de documento oficial com foto.
- ACOMPANHANTES DE CADEIRANTES (quando necessário).
- DOADORES REGULARES DE SANGUE são considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue dos hospitais do município de Natal.
**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:
Bilheteria do Teatro: Shopping Midway Mall - Av. Bernardo Vieira 3775 - piso L3 (terça a sábado, das 12h às 21h, domingo e feriado, das 14h às 20h)
Site: www.ingressorapido.com.br
Televendas: 4003 1212Assessoria de Imprensa no Teatro Riachuelo:
Luciana Oliveira – luciana@sollarcomunicacao.com.br 
(84) 98728-0813
foto relacionada à divulgação

Seminário no RN discute financiamento do SUS

Gestores, profissionais de finanças e técnicos de saúde de municípios se reuniram na quinta-feira (15/02), em Natal (RN), para analisar o novo modelo de financiamento oficializado através da Portaria 3.992, de 28/12/2017. O seminário “Novo Modelo de Financiamento do SUS” foi promovido pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado (Cosems-RN) e contou com a participação do diretor-executivo do Fundo Nacional de Saúde (FNS), Antonio Carlos Oliveira Junior, da assessora técnica do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Blenda Leite, e de representantes do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde no Rio Grande do Norte.

“Foi uma excelente oportunidade para trocar ideias junto aos gestores de saúde do Rio Grande do Norte, no sentido de mostrar que a portaria 3.992 reorganiza os recursos financeiros sobre uma outra ótica, levando em consideração o que o plano municipal de saúde, que se converte em lei orçamentária, e que traduz para a sociedade onde os recursos serão aplicados”, destaca o diretor executivo do Fundo Nacional de Saúde (FNS), Antonio Carlos Rosa de Oliveira Junior. Ele ressaltou que a presença de representantes do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde é relevante tendo em vista um novo processo de governança, considerando o apoio institucional que o Núcleo oferece aos municípios nos elementos necessários para a viabilização de financiamentos.

O chefe da Divisão de Gestão do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde (NEMS/RN), Francisco Júnior Rego, reforçou a importância do seminário para a consolidação da referida portaria, "para o fortalecimento do Planejamento Ascendente, com foco na necessidade de cada município, fortalecendo, com isso, uma Programação Anual de Saúde (PAS) muito mais instrumentalizada e efetiva".

A Portaria do Ministério da Saúde, de nº 3.992, publicada no DOU, de 28 de dezembro de 2017, dispõe da alteração das normas sobre o financiamento e a transferência dos recursos federais para as ações e os serviços públicos de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS). [Blog da Saúde]

Ainda sobre o seminário

Como representantes do NEMS/RN, também participaram, o chefe da Seção de Convênios (SECON), Ivan Soares; a chefe da Seção de Auditoria (SEAUD), Aparecida Dantas Medeiros, e a servidora Aline Andrade, da Seção de Apoio Institucional e Articulação Federativa (SEINSF).

O seminário encerrou-se por volta das 13h e contou com mais de 500 participantes, superlotando o auditório do Hotel Vila do Mar, entre gestores, profissionais técnicos e convidados. Compondo a mesa de autoridades, a secretária de Saúde de Natal, Maria da Saudade Azevedo; do Conselho Estadual de Saúde (CES), Kátia Falcão; do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde (NEMS/RN), Júnior Rego; além de representantes da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) e da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN).
Fotos Ascom/MS-RN
©2018 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN

Delivery grátis até quinta no Cascudo Bistrô


O excelente Cascudo Bistrô, na Praça das Flores, ambiente especializado em cozinha contemporânea, comandado pelo chef Daniel Cavalcanti, estará com delivery grátis para os bairros de Petrópolis e Tirol de terça (20) a quinta (22). A promoção é válida para os pedidos feitos pelo Ifood ou diretamente no telefone do bistrô.
Imagem relacionada à divulgação
©2018 www.AssessoRN.com | Assessoria Voluntária

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Reportagem da BBC Brasil revela Benedita, a irmã da famosa romanceira Dona Militana

Família nordestina guardou séculos de romances medievais de mais de 700 anos na memória

Ainda na infância, Benedita Maria do Nascimento, a caçula entre nove irmãs, aprendeu com o pai a arte de transformar cipó em cestas e balaios no sítio Oiteiros, em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal, no Rio Grande do Norte.

Durante décadas, esse saber ficou na escuridão do anonimato. Até que, segundo conta Benedita, há quase trinta anos foi convidada a dividir suas memórias com estudiosos, participar de debates sobre cultura popular e apresentar-se em eventos culturais. Integrante de uma família patriarcal, não teve a autorização do marido para alçar voo. Por ciúmes, ela confidencia que ele indicou a irmã para ir em seu lugar.

Felizmente, graças às pesquisas realizadas pelo folclorista potiguar Deífilo Gurgel, que morreu em 2012, todo esse conhecimento foi gravado e está preservado na voz de Militana Salustino do Nascimento, a irmã de Benedita, que também tinha um acervo considerável e uma memória privilegiada. Ela ganhou fama, notoriedade e ficou conhecida como a maior romanceira do Brasil.

Militana morreu em 2010. Já a última guardiã de uma família que manteve viva a cultura mouro-ibérica, passa boa parte do dia deitada numa rede no alpendre da casa que mora recordando histórias galantes de amores, aventuras e tragédias. > Leia aqui a reportagem completa de Josi Gonçalves, para a BBC Brasil.
Foto reproduzida vídeo reportagem
©2018 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN

Chuvas mudam cenário do açude Itans em Caicó


Açude Itans de Caicó: o antes e o depois

Os caicoenses comemoram a chegada das águas no açude Itans. Nos últimos dias, o açude vem recebido um bom volume de água, com as últimas chuvas que caíram na região.

maior reservatório da região, que estava totalmente seco, começou a receber água no sábado de carnaval (10/02), após uma chuva de 105mm registrada no município.

As chuvas continuaram e o volume de água vem aumentado gradativamente. Muitos ainda acreditam que com a consolidação do inverno, o açude Itans possa atingir a sua sangria ainda este ano. [Com Correio do Seridó]

- Na foto, o açude com as primeiras águas, e antes totoalmente seco, no detalhe à direita.
Fotos: Alcino/Divulgação/CS
Montagem do Blog
©2018 www.AssessoRN.com | Jornalista João Bosco Araújo - Twitter @AssessoRN

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Currais Novos vai sediar em abril mais uma edição do Campeonato Open Torre Forte no RN

12ª edição do Open Torre Forte dia 1º de abril de 2018

Currais Novos, região Seridó, vai sediar mais uma edição do mais antigo evento de jiu jitsu do Estado. Na 12ª edição, o Open Torre Forte será realizado dia 1º de abril, com valiosas premiações e disputa dos melhores lutadores de jiu jitsu do Rio Grande do Norte e de toda região Nordeste.

De acordo com a organização do campeonato, este ano todos os atletas que chegarem ao pódio, na categoria absoluto, levarão para casa, além de medalhas, lindos brindes.

As inscrições estão disponíveis no site www.campeonatodejiujitsu.com.br
Com assessoria
Foto reproduzida do site/cartaz evento

Reunião discutiu restauração do histórico prédio da Faculdade de Direito no bairro da Ribeira


UFRN recebe apoio da OAB para restauração de prédio da Faculdade de Direito

A restauração do prédio da antiga Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi tema de reunião nesta sexta-feira, 16, entre o reitor em exercício da instituição, José Daniel Diniz Melo, e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no RN (OAB-RN), Paulo Coutinho. Os professores aposentados da UFRN e ex-alunos da Faculdade de Direito, Carlos Gomes e Marcos Guerra, também participaram do encontro para prestar contribuições e saber novidades acerca dos trâmites para concretização das obras.


Representantes da Superintendência de Infraestrutura (Infra) apresentaram as perspectivas da restauração do prédio inaugurado em 1908, no bairro da Ribeira, para inicialmente funcionar o Grupo Escolar Augusto Severo e que, de 1956 a 1973, abrigou a Faculdade de Direito da UFRN. Após a restauração, pretende-se transformar a construção no Centro de Extensão, Cidadania e Cultura da UFRN, com espaços para Memoriais da Educação e Cultura Jurídica, Centro de Arte e Cultura, Centro de Triagem da Prática Jurídica, Auditório, Centro de Referência em Direitos Humanos e Escritório de Projetos em Áreas de Valor Patrimonial.

Inserido no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) Cidades Históricas e com recursos garantidos de aproximadamente dois milhões e seiscentos mil reais, o projeto de intervenção recebeu sugestões de Paulo Coutinho, Carlos Gomes e Marcos Guerra, que se dispuseram a apoiar a universidade para o andamento da restauração. Após duas licitações desertas, uma em 2014 e outra em 2017, ocorridas em virtude da inexistência de empresas aptas a atender as exigências da obra, atualmente a Infra da UFRN realiza ajustes para que ocorra o pedido de dispensa de licitação para contratação dos projetos complementares de engenharia. A expectativa é que as intervenções no espaço iniciem neste primeiro trimestre de 2018. [ASCOM – Reitoria/UFRN]
Fotos: Cícero Oliveira

Redes de Atenção à Saúde serão integradas pela Secretaria de Saúde do RN


As gestões das cinco redes prioritárias de Atenção à Saúde do Rio Grande do Norte estarão reunidas em um espaço único na sede da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Esse espaço será a Sala de Situação, que vai integrar os processos de trabalho e contará com mapas da situação de cada uma: Urgência e Emergência, Assistência Materno Infantil (Rede Cegonha), da Pessoa com Deficiência, da Atenção Psicossocial e de Doenças Crônicas.

Essa medida foi discutida pelos representantes das cinco redes, em reunião na manhã desta sexta-feira (16), na sede da Sesap. O objetivo da Sala de Situação é facilitar a tomada de decisões de gestão. "A imagem visual vai permitir que todos possam entender como os serviços funcionam além de identificar potencialidades e fragilidades", explica a coordenadora de Promoção à Saúde da Sesap, Iraci Nestor.

Além de um painel físico com legendas, a Sala de Situação vai elaborar, monitorar e atualizar um mapa virtual, que poderá ser acessado pelo site da Sesap, onde estarão reunidas todas as informações sobre as unidades estaduais e municipais pertencentes às redes, com endereços, perfis e serviços oferecidos. "Serão mapas vivos, que serão um retrato da realidade atual", ressalta Iraci Nestor.

Ela explica que a iniciativa surgiu a partir da necessidade de integrar as equipes no planejamento das ações, tornando os serviços visíveis de forma clara e refletindo na melhor assistência aos usuários do SUS. "Em muitos casos, o mesmo público é atendido por mais de uma rede, por isso é preciso que estejam integradas", esclarece. A expectativa é de que a Sala de Situação das Redes seja instalada no primeiro quadrimestre de 2018. [Ascom/Sesap]
Foto relacionada à divulgação

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Celebrações do centenário de Manoel Torres começam nesta quinta em Caicó


No seu centenário de nascimento, os ideais de ética, lealdade, compromisso, trabalho e solidariedade que ele espalhou permanecem como um exemplo a ser seguido pelas atuais e futuras gerações

Caicó e o Rio Grande do Norte comemoram hoje, 15 de fevereiro de 2018, o centenário de nascimento de Manoel Torres de Araújo, empresário e político caicoense que fez história por suas qualidades morais e éticas ao longo de mais de 90 anos de vida.

Prefeito de Caicó duas vezes, Vice-prefeito uma, Deputado Estadual em quatro legislaturas e Suplente de Senador, Manoel Torres personificou a honestidade no exercício de cargos públicos, e é lembrado hoje exatamente por ela, artigo raríssimo entre os que exercem mandatos eletivos ou cargos comissionados na vida pública.

A justa homenagem a este homem público ímpar foi uma iniciativa da Prefeitura, com apoio da Câmara Municipal de Caicó, e será aberta hoje às 19h00 com celebração de uma missa em sua memória no Santuário do Rosário, seguida da abertura de exposição de fotografias e objetos pessoais do velho líder, no prédio antigo da Prefeitura.

As homenagens prosseguem no dia 17, sábado, com Sessão Solene na Câmara Municipal, e dia 23, sexta-feira, outra Sessão Solene na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Entre as duas sessões, a trajetória de vida de Manoel Torres será analisada e contextualizada numa edição especial do programa Fatos e Versões, na rádio 106 FM, quarta-feira dia 21 de fevereiro.

A DESPEDIDA
No dia 15 de janeiro de 2012 sua voz calou para sempre. No mesmo dia, um domingo, o corpo de Manoel Torres foi conduzido de Natal para o último leito em Caicó.

Ao chegar, o cortejo passou em frente a sua residência na Rua Pires Ferreira, como o último gesto de amor à família. Momento de emoção. Em seguida, um longo e prestigiado velório no salão nobre da Prefeitura Municipal.

Caicó parou no dia 16 de janeiro de 2012 para reverenciar pela última vez o seu Prefeito Manoel Torres de Araújo. Milhares de pessoas foram às ruas se despedir do líder, tanto no velório, quanto na Santa Missa e no Cemitério Campo Jorge.

Cidadãos simples, gente do povo, autoridades e lideranças de todas as cidades do Seridó e parte do Rio Grande do Norte se reuniram numa prece pelo descanso eterno do homem que se transformou em símbolo de honestidade na vida pública.

O corpo de Manoel Torres de Araújo foi sepultado na terra firme do Caicó de Sant’Ana, mas os seus ideais de honestidade, lealdade, compromisso, trabalho e solidariedade permanecem como um exemplo a ser seguido pelas atuais e futuras gerações.

Se a sua presença tanta falta faz, a lembrança de seu legado alimenta a esperança que é possível atuar na vida pública com retidão e espírito público. [Do Blog Novo Bar de Ferreirinha]
Fotos reproduzidas do Novo Bar de Ferreirinha

Doenças e riscos decorrentes do uso dos recursos tecnológicos; Leia artigo


Por Mayckon Dantas
Analista de TI - Casa Durval Paiva

A inclusão digital vem sendo utilizada para substituição de contatos físicos. Relacionamentos via internet se tornam mais frequentes, sendo processos enfrentados por todos na atualidade e mais utilizado por crianças e adolescentes, uma faixa etária de descobertas em que é preciso mais esclarecimentos sobre os riscos, devido à exposição aos recursos tecnológicos.

Um desses riscos é o da rigidez mental, devido ao uso prolongado da ferramenta, que gera uma dependência mental que desencadeia alguns transtornos, principalmente, na personalidade do usuário, tornando-o em alguns casos mais agressivo, mal humorado, reativo, negligente a realização de outras tarefas, algo que pode chegar a dificultar até mesmo o tratamento.

 Durante o processo de inclusão digital é comum a orientação quanto ao uso desses recursos, tendo em vista o mal decorrente a sua demasiada exposição e a pratica de composição de horário, para a criação de regras e estabelecimento de horários explícitos quanto ao seu uso, proporcionando o costume de estabelecer seus próprios horários, e, com isso, atenuar a exposição, prevenindo o risco de rigidez mental.

Outro risco bastante presente na atualidade é o de Cyberbullying que nada mais é do que o bullying praticado em meios virtuais, sendo eles via redes sociais, e-mail, SMS ou outro meio qualquer que utilize recursos digitais para se propagar informações. Esse, por sua vez, vem crescendo nos últimos anos e deixando um alerta à sociedade. Cada vez é mais comum vermos noticias sobre esse risco que não acontece devido a exposição em demasia e sim pelo mau uso da ferramenta, onde o praticante se utiliza da ferramenta como forma de humilhar ou ridicuralizar a vitima por qualquer motivo, até mesmo uma foto que retrate alguma doença a qual esteja passando. Como no caso de crianças e adolescentes com câncer, que sofrem de alopecia (perda de cabelo) e que podem ser vitimas de um Cyberbullying ao se expor em redes sociais.

Sem contar no risco de exposição à pessoa de ma índole para a pratica de pedofilia que, em muitos casos, acontece através de salas de bate-papo, onde uma pessoa mal intencionada se passa por outra para tentar aliciar uma mais nova ou tentar marcar encontro com esse usuário mais novo.

Vemos essa realidade no convívio com os pacientes da Casa Durval Paiva, dentro do laboratório de Informática, onde adolescentes e crianças se unem para interação no mundo digital. Durante as aulas, são passadas orientações a todos os públicos: crianças, adolescentes e acompanhantes, para que os mesmos saibam sobre os riscos de uma exposição ao recurso tecnológico de forma errada e para que possam se prevenir.

É importante conversar com os pais ou acompanhantes responsáveis a fim de que saibam tomar medidas protetivas. Em casos em que a criança ou adolescente tenha sido vitima de bullying, é necessário a intervenção psicológica para conscientização sobre as fases do tratamento, as perdas temporárias, e o bem maior, a cura, para que assim o paciente possa novamente dispor de recursos tecnológicos, tendo em vista que o mesmo se sente isolado após passar por algo assim e queira novamente utilizar os recursos que o auxiliam no enfretamento do processo de tratamento do câncer, tirando um pouco da rotina pesada, proporcionando prazer e diversão.
Assessoria de Comunicação Casa Durval Paiva
Foto relacionada à divulgação

Oficina gratuita de Karatê lança graduação em faculdade para Educação Física


Os amantes e curiosos da prática de artes marciais terão oportunidade de participar de uma oficina de Karatê Dô Tradicional neste sábado (17), às 9h, na Estácio Alexandrino, no bairro Alecrim. O evento faz parte da programação do evento ‘Qualificação de Verão’ da unidade – cursos gratuitos que acontecem durante todo o mês de fevereiro. A ação também lança a graduação em Educação Física da Estácio, com previsão de início para março deste ano.


A oficina de Karatê será ministrada pelo sensei Alexsandro Jobson, faixa preta 5° Dan pela World Traditional Karate-Do Federation – WTKF, diretor técnico do Traditional Karatê Dô Institute no Brasil. Com experiência internacional, o professor compartilhará os princípios e benefícios desta arte marcial não somente no ambiente esportivo, mas também no contexto da vida pessoal e profissional.

A inscrição é gratuita e aberta à população. Não será preciso o uso do Kimono, mas é necessário que os participantes utilizem roupas leves e de fácil movimentação. Mais informações na página do Facebook da Estácio Alexandrino: @EstacioAlexandrino

Inscrições

As inscrições para a graduação de Educação Física já estão abertas. Para garantir a vaga para o vestibular é só ligar para (84) 3198-1636. [por assessoria de imprensa]
Imagem relacionada à divulgação

Crianças autistas divertem-se no espaço de brinquedos infláveis gigantes SuperAR


Ação é uma iniciativa de shopping em parceria com o grupo Mães Corujas Batalhadoras

O Natal Shopping recebe, neste domingo, 18, um grupo com em média 20 crianças autistas que terão um momento de descontração e muita alegria nos brinquedos infláveis gigantes do SuperAR, o espaço temático da Turma da Mônica no Natal Shopping. O momento, que começará às 12h, é uma iniciativa do Natal Shopping, que tradicionalmente convida o grupo Mães Corujas Batalhadoras, composto majoritariamente por mães de crianças incluídas no espectro autista, para sessões exclusivas nas ações infantis do mall.

Rochele Elias, mãe e idealizadora do grupo natalense, explica que a interação e a possibilidade de inclusão são importantes para as crianças, que nem sempre se encaixam no mesmo contexto de outras e ditam seu próprio tempo e interesse nas atividades. “O Natal Shopping proporciona essas condições diferenciadas e tem a preocupação de sempre nos convidar para as ações novas que surgem”, comenta.

O SuperAR é original – leva a marca Maurício de Sousa – e exclusivo, composto por brinquedos infláveis independentes. No Natal Shopping, estão montadas duas atrações distintas: o ARvorismo, que faz referência a uma floresta, e o NoAR, um pula-pula em formato de nuvens, que juntos, fazem a meninada brincar e “SuperAR” todos os divertidos obstáculos.

Sessão Inclusiva

A próxima ação do grupo Mães Corujas Batalhadoras no Natal Shopping já está marcada: é a Sessão Inclusiva, que exibe o filme Capitão Cueca em uma das salas da Cinépolis no dia 28/04, às 10h. A sessão faz parte da programação do grupo em alusão ao mês de Conscientização do Autismo, em abril. Na ocasião, as luzes ficam acesas durante toda a sessão, o som é mais baixo e o filme não conta com trailers prévios. [com assessoria de imprensa]
Imagem relacionada à divulgação

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

É tempo de Quaresma e Papa pede para dar o que puder para ajudar os irmãos

“Dar o que puderdes para ajudar os irmãos!”, pede o Papa para o tempo da Quaresma

O Papa Francisco tem uma mensagem especial para todos os católicos do mundo todo, para os cristãos e para todas as mulheres e homens de boa vontade sobre o significado da Quaresma. Leia aqui, no Portal da CNBB, a Mensagem do Papa.

Dia internacional de luta contra o câncer; diagnosticar é preciso!


Fevereiro, mês de festa e também de ficar alerta no combate ao câncer. Nesta quinta 15/02 é lembrado o Dia Internacional de Luta contra o Câncer na Infância. A campanha é promovida pela Childhood Cancer International (CCI) - Confederação Internacional de Pais de Crianças com Câncer, representada por 188 organizações, em 96 países. A Casa Durval Paiva apoia a iniciativa, promovendo no Rio Grande do Norte, durante todo o ano, a Campanha do Diagnóstico Precoce.

O diagnóstico precoce ainda é a principal arma contra o câncer em crianças e adolescentes. Quanto mais cedo for diagnosticado, maiores serão as chances de cura, com menos sequelas após o tratamento. Os pais e todos que convivem com as crianças e os adolescentes, devem estar atentos aos sinais e sintomas: desequilibro ao andar, febre de origem inexplicada, dor óssea persistente, perda de peso, suor noturno exacerbado, mancha branca no olho, dentre outros.

Muitos pacientes ainda são encaminhados aos centros de tratamento com a doença em estágio avançado, o que se deve a fatores tais como: desinformação dos familiares e dos profissionais de saúde. Diante dessa realidade, a Casa Durval realiza desde 2002 a Campanha do Diagnóstico Precoce, promovendo capacitações regionais para os profissionais de saúde. A partir de 2006, a campanha ganhou proporções maiores, chegando a toda à população, através de visitas, palestras, peças de mamulengo, distribuição de panfletos e cartazes, além de material veiculado na mídia local.

Diversas empresas fazem responsabilidade social no Estado e abraçam a causa junto com a Casa, na divulgação dos principais sinais e sintomas do câncer. Neste ano, a Campanha prossegue em sacolas de compras, faturas, abrigos de passageiros, ônibus, spots (rádios) e vídeos (TVs), disseminando as informações que podem ajudar a salvar muitas vidas.

Quem quiser ajudar na divulgação da Campanha do Diagnóstico Precoce pode entrar em contato com a Casa Durval Paiva através do telefone 4006-1600. Saiba mais sobre o câncer infantojuvenil em: http://bit.ly/2nZp794

Dados sobre a Campanha Internacional: http://www.internationalchildhoodcancerday.org/

Casa de Apoio à Criança com câncer Durval Paiva
Assessoria de Comunicação
Imagem relacionada à divulgação

Recebi o diagnóstico de câncer do meu filho, e agora?

Por Lady Kelly Farias da Silva
Terapeuta Ocupacional - Casa Durval Paiva
Crefito14295-TO

Receber o diagnóstico de câncer definitivamente não é fácil, é um momento extremamente delicado em qualquer fase da vida. E, para os pais receberem este diagnóstico do filho é muito mais complicado. Muitas são as perguntas que surgem, além dos medos do que está por vir, da insegurança do desconhecido, de como lidar com toda essa situação que, literalmente, não estava nos planos de vida do filho, que se encontra em pleno desenvolvimento na escola, fase de brincadeiras, com estímulos em todos os aspectos, perguntam-se então como serão os próximos capítulos.

De acordo com os pesquisadores Anders, Lima e Rocha (2005), ser portadora de uma doença crônica, que necessita de tratamento agressivo, leva a criança e sua família a se defrontarem com um grande desafio e a capacidade de adaptação à doença depende de fatores como: apoio familiar e social, acesso aos serviços de saúde, características individuais, complexidade da doença, suporte da equipe de saúde, entre outros.

Nesse contexto, surgem as casas de apoio, com o objetivo de proporcionar suporte necessário às pessoas que estão passando por este momento de grandes dúvidas, onde possam encontrar o mínimo de acolhimento. A Casa Durval Paiva busca oferecer bem estar durante esta fase de tratamento, proporcionando o suporte global às crianças e adolescentes com câncer e doenças hematológicas, assim como, seus acompanhantes, mediante uma assistência interdisciplinar.

Importantes questões como a dificuldade das famílias em iniciar e dar continuidade ao tratamento devido ao alto custo; a precariedade do transporte público e a falta de uma dieta balanceada são identificadas; Além da hospedagem, atendimento de qualidade, através de uma equipe preparada e disponível nas áreas de serviço social, orientação psicológica, dentistas, pedagogas, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, suporte nutricional adequado, médica, farmacêutica, a instituição oferece na sala de artes, um espaço onde é possível os acompanhantes receberem capacitação profissional para que tenham uma renda extra, já que não conseguem um trabalho fixo, em função do acompanhamento médico de seu filho, ainda a inclusão digital e o transporte, para que desta forma, possam se locomover da instituição aos hospitais e clínicas, tornando a intervenção mais efetiva, evitando interrupções e possibilitando também maior perspectiva de vida.

Com o intuito de atender a todos de acordo com a especificidade e necessidade de cada um, são também realizadas doações de cestas básicas, além de atividades culturais e de lazer, com o objetivo de proporcionar um ambiente muito mais acolhedor e humanizado.

Dentre tantas histórias, temos o relato de uma mãe, I.F.O, que descreve o momento em que recebeu o diagnóstico do filho como sendo uma época em que se viu sem forças, sem perspectiva, sozinha, cita ter sido devastador. Foi quando manifestou enorme desestabilização emocional, visto não ter conhecimento da doença, e a grande dúvida era onde encontrar assistência e como dar o primeiro passo, foi então que conheceu a Casa Durval Paiva e enfim, teve o que tanto precisava - amor e esperança, que por um instante estiveram perdidos. Ela conta que o acolhimento que recebeu fez toda a diferença, teve todas a suas necessidades alcançadas, viu naquela Casa, uma segunda família, com terapias de qualidade e profissionais capacitados.

Hoje, I.F.O relata ser muito grata a todos que passaram juntamente com ela essa fase de tratamento do filho, que é muito feliz e realizada e que todo esse sentimento se deve ao fato do que vivenciou na instituição. E.G.F, encontra-se curado, porém, continua frequentando a instituição e ainda usufrui de algumas terapias e outros serviços oferecidos pela Casa, como passeios culturais e de lazer, é também estimulado pela terapeuta ocupacional a fim de alcançar maior autonomia e independência nas atividades de vida diária, tem a possibilidade de socializar-se com outras crianças, permitindo ser criança, visto que as atividades sugeridas são extremamente lúdicas; teve o retorno à sua rotina na escola e, diante de todos estes fatos, é possível destacar então, que E.G.F teve sua reinserção social como esperada, de forma bastante positiva e com qualidade.

Tão importante quando o tratamento em si, é a atenção dada aos aspectos sociais da doença, uma vez que a criança e o adolescente doentes devem receber atenção integral, assim como o seu contexto familiar, com um olhar individualizado. Sabemos que a cura não deve se basear somente na parte biológica, mas também no bem estar e na qualidade de vida do paciente e que, juntamente com a medicina, o amor e a empatia nos leva a sempre acreditar na vida enquanto ela possa existir.
Assessoria de Comunicação Casa Durval Paiva
Foto relacionada à divulgação

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Coletiva de imprensa nesta Quarta-feira de Cinzas apresenta Campanha da Fraternidade 2018


Em coletiva de imprensa, será apresentada a Campanha da Fraternidade 2018, cujo tema é “Fraternidade e superação da violência”. A coletiva acontecerá nesta quarta-feira, 14, às 15h30, na Arena do Morro, na Comunidade de Mãe Luiza. Participarão o arcebispo metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, e o coordenador arquidiocesano da Campanha da Fraternidade, Padre Robério Camilo da Silva.

Na ocasião, serão apresentados também alguns projetos sociais desenvolvidos pela Igreja Católica, na Comunidade de Mãe Luiza, que contribuem para a superação da violência.

Serviço:
Coletiva de Imprensa
Data: 14 de fevereiro
Horário: 15h30
Local: Arena do Morro, na Rua Camaragibe (em frente ao Farol de Mãe Luiza)
Assessoria de comunicação
Arquidiocese de Natal
Reprodução Cartaz CF 2018
Postagens mais antigas Página inicial
Copyright © AssessoRN.com | Suporte: Mais Template