Página Inicial

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Campanha previne DST e aids durante o Carnaval 2015

divulgação
Campanha incentiva prevenção, combinando camisinha, testagem e tratamento. Pesquisa mostra que o uso do preservativo na última relação sexual se mantém, praticamente, estável

A maioria dos brasileiros (94%) sabe que a camisinha é melhor forma de prevenção às DST e aids. Mesmo assim, 45% da população sexualmente ativa do país não usou preservativo nas relações sexuais casuais nos últimos 12 meses. Os dados, inéditos, são da Pesquisa de Conhecimentos, Atitudes e Práticas na População Brasileira (PCAP), que serão apresentados nesta quarta-feira (28), em Brasília, durante o lançamento da campanha de prevenção às DST e Aids para o Carnaval 2015. Realizada em 2013, a pesquisa entrevistou 12 mil pessoas na faixa etária de 15 a 64 anos, por amostra representativa da população brasileira.

Os dados comparativos com pesquisas anteriores mostram que o uso do preservativo na última relação sexual, ocorrida nos últimos 12 meses, se manteve praticamente estável: 52% em 2004, 47% em 2008 e 55% em 2013, apesar das constantes campanhas de estímulo ao uso do preservativo durante todos esses anos. Além disso, houve um crescimento significativo de pessoas que relataram ter tido mais de 10 parceiros sexuais na vida. Esse percentual subiu de 19%, em 2004, para 26% em 2008, chegando a 44% no ano de 2013.

Diante deste panorama, o Ministério da Saúde optou por uma campanha de carnaval focada na prevenção, combinando camisinha, testagem e tratamento. Para tanto, houve um fortalecimento de estratégias complementares ao uso do preservativo. [Portal Saúde > Saiba mais]

Paçoca de Pilão com programação de veraneio e festa dos 25 anos

Foto por assessoria: divulgação
O restaurante Paçoca de Pilão, em Pirangi, continua com seu variado e premiado cardápio e, neste verão, apresenta eclética programação cultural a partir da quinta-feira, com Paulo Fiori executando o melhor da música italiana. Na sexta Alcione e Arimatéia brindam os clientes com MPB, ficando o sábado com a banda Dissonah, Lorena e Sandro Maurício (MPB). O couvert custa R$ 6,60.

Aniversário

Em fevereiro, no dia 6, o Paçoca de Pilão vai comemorar seus 25 anos de existência, apresentando a Banda Feras, de Parelhas, considerada uma das grandes bandas de baile do Brasil. A mesa do aniversário está sendo reservada por R$ 100,00, fone 3238-2088

​Divulgação Flávio Rezende
assessoria imprensa
<jornalistaflaviorezende@gmail.com>

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Eventos simultâneos do Garbos Recepções em Mossoró

No Salão Cristal, térreo do Garbos Recepções & Eventos, os 15 formandos do curso Técnico em Automação Industrial do Senai RN, terão o baile de formatura. A comissão de formatura, com Éricon Luiz de Medeiros, Werllon Melo de Morais Dantas e Jordana Cibelly Holanda Costa, vão se divertir muito com os colegas na festa que terá  onde vão receber 200 convidados para a festa que a banda Forró Mais Eu e o J Bruninho no som. O evento terá o Buffet Garbos, decoração Garbos Decor, iluminação Garbos Lux, produção da equipe do Garbos  e cerimonial Fátima Matos. Tudo está organizado e programado para iniciar às 22h terminar às 4h da manhã do dia seguinte.

No primeiro andar, no Salão Salinas, também no Garbos Recepções & Eventos, os 32 formandos do curso de Fisioterapia 2014.2 da Universidade Potiguar – UNP, receberão 1.200 convidados para o baile de formatura que iniciará às 22h dop dia 31, sábado e e só terminará às 6h da manhã do dia 1º de fevereiro.

A comissão de formatura formada pelos novos profissionais, Rosiangely Moura Cunha, Ellen Luiza Rebouças Moura e Antonio Gabriel Kaio de Oliveira Pinto, acompanharam de perto a organização da grandiosa festa que terá as delícias do Buffet Garbos, decoração Garbos Decor, iluminação Garbos Lux, cerimonial Fátima Matos e produção Imagem Formaturas. No palco, a música ficará por contas das bandas Radiola Club, Forró dos 3 e Guto Ribeiro.

Garbos Recepções & Eventos
Av. Lauro Monte, 1301 - Abolição I - Mossoró, RN
Central: 84-3064 1025 / 9182-2227

Nelly Carlos Maia de Amorim

<nelly-carlos@hotmail.com>

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Fiart 2015 no RN prossegue com diversificada programação cultural



Fiart recebe autoridades na segunda e prossegue com excelente programação cultural

Foto: Canindé Soares/Divulgação
A inauguração com a presença das autoridades da XX Feira Internacional de Artesanato vai ser nesta segunda, dia 26, a partir das 18h30. Neste mesmo dia a programação cultural contempla a partir das 17h30 o trio de forró Santa Maria, banda de música da PM do RN, tribos indígenas na abertura oficial e prossegue depois com: Trupi Ashaki Cia de Dança, Grupo de Dança Popular do IFRN, Mostra de Dança Junina Arraiá Pneu Furado, Grupo Cultural E.E. Estela Wanderley e Grupo Cultural da FJA. A segunda termina com show de Wendel Martins e Lavour e Os Cabra Bom com forró caicoense.

A XX Fiart acontece no Pavilhão das Dunas do Centro de Convenções, das 16 às 22h, tendo ainda em sua programação o 11º Salão do Artesanato Potiguar, o Salão dos Mestres, cultura circense, popular (cordel, contos e causos), moda artesanal, cultura oriental, gastronomia e o melhor artesanato de 14 países e de todo o RN.

PROGRAMAÇÃO

A programação da Fiart na terça apresenta música eletrônica a partir das 17h30, prosseguindo com a banda de música de São Gonçalo do Amarante, grupo SóMelodia de São Miguel do Gostoso, Grupo Cultural Dialetos (Macaíba), Cia de Dança do Teatro Alberto Maranhão (TAM), Grupo de Dança Alta Tensão, Capoeira Show Celeiro de Bamba, Grupo Cultural Centro Ed. Dom Bosco / SEMTAS, Grupo Cultural Absoluto e termina com show de Ivanildo di Natal e Maiorais do forró.

A quarta na FIART começa com música eletrônica às 17h30 e segue com grupos culturais de: Monte Alegre/RN, Filhos da Arte (Macaíba /RN), Coco de Calembar de São Gonçalo do Amarante, Sol e Love de Serra Caiada /RN, Encantos – Pau Brasil (S.J.de Mipibu /RN), Dança Enigma, Bambelô /Vila de Ponta Negra , Contemporânea de Riacho de Sangue/Macaíba e o representando Touros. A programação prossegue com o 13º Festival de Danças Folclóricas e Contemporâneas e fecha com show da orquestra Primes.

Por Flávio Rezende
[jornalistaflaviorezende@gmail.com]

Passagem de comando do Corpo de Bombeiros acontece nesta terça


Foto: imprensacbmrn

Nesta terça-feira (27), às 9h, acontece a solenidade de passagem de comando geral do Corpo de Bombeiros Militar do RN (CBMRN), no Quartel do Comando Geral da Instituição, em Natal. Na ocasião, o Coronel Elizeu Lisboa Dantas passa o cargo oficialmente ao Coronel Otto Ricardo Saraiva de Souza, indicado pelo governador para assumir a gestão da instituição. Robinson Faria e a secretária de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Kalina Leite, entre outras dezenas de autoridades militares e civis, já confirmaram presença na cerimônia. [por Imprensa CBMRN]

[imprensacbmrn@gmail.com]

Fetarn promove Encontro de Formação


Foto por assessoria: divulgação

De hoje (26) a sexta (30), a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte (Fetarn) promove o 3º Módulo do Enfoc Estadual (Encontro de Formação), no Centro de Treinamento da entidade, em Ponta Negra.

O evento, destinado a representantes dos sindicatos de trabalhadores e trabalhadoras rurais, tem como objetivo principal discutir representação e representatividade, além de trabalhar temas relevantes para o movimento sindical por meio de dinâmicas de grupo. O certificado de participação será entregue na noite de quinta (29).  

Seminário no Piauí

A Fetarn, por meio de uma comissão coordenada pelo Secretário de Meio Ambiente da entidade, Naedson Aguiar e pelo assessor técnico, Joseraldo Medeiros participa de hoje (26) até quarta (28) de um seminário sobre o CAR (Cadastro Ambiental Rural) promovido pela Contag, em Teresina, no Piauí. O evento destinado a regional Nordeste conta com a participação de representantes das federações do RN, CE, PI e MA.

Tarcyla Costa
[tarcycosta@hotmail.com]

Festejos em homenagem ao padroeiro São Gonçalo do Amarante


Foto: Isaías Carlos/Allany Fernandes

O município potiguar de São Gonçalo do Amarante comemora a festa do padroeiro homônimo, iniciada na última sexta-feira (23). Autoridades e comunidade prestigiaram a alvorada nas primeiras horas da manhã, entre as quais o prefeito Jaime Calado e a primeira dama do município e deputada federal diplomada, Zenaide Maia e do presidente da Fundação Cultural Dona Militana, Flávio Henrique. Também estiveram presentes na celebração, o vice-prefeito Poti Neto e vereadores. [com informações da SMC]

domingo, 25 de janeiro de 2015

Crônica de Araceli Sobreira



Amor de cão*

A mulher morreu, não de morte morrida, mas de morte matada, como diriam os velhos de minha cidade. A rua inteira presenciou a cena cruel e maldita. O filho, perdido e pecador já de muito tempo, dera-lhe oito facadas. Outra cena desse mundo brutal que vira manchete de tevê. As dores de mãe que sofre duplamente. Houve choro, dor, sentimento de ruína, insônia, desespero e falta de palavras. Houve gente que quis vingança, mais morte, chacina, “olho por olho, dente por dente”. Dias depois, a casa vazia mantinha o cachorro, fiel amigo, dormindo na calçada. Tristonho, faminto de carinho, vez por outra, levantava o focinho à procura da mão idosa que lhe trazia a água, a ração, o afago. E nada vinha. A família já havia vendido a casa, mas o cão estava lá. Ninguém tinha forças para levá-lo dali. Os filhos que ficaram, pareciam sem rumo, o velho pai só queria outro mundo, outra vida para esquecer a dupla tragédia de Nova Parnamirim. Todos estavam em frangalhos: os nervos, a vida, as lembranças agora apagadas com aquela morte. O filho, triste farrapo humano, estava preso para sempre agora.

Na sombra amiga da enorme árvore que cobria a varanda, o cachorro permanecia quieto, até as crianças ficaram-lhe estranhas, nem mais lhes latia, causando-lhes gritos de sustos. Um grande silêncio entrara-lhe na alma animal e parecia que tudo na casa possuía uma mancha de sangue. A polícia viera tantas vezes procurar mais provas para o bárbaro crime. Os repórteres iam e vinham carregando seus apetrechos de sempre. Um click aqui e outro ali, mas ninguém percebia o enorme cão deitado na calçada. Já eram tantos os estranhos que entraram para ver a cena do crime, que ele nem mais grunhia para espantá-los. As horas passavam tão sem gosto, todavia não era tédio que havia ali. Era um sofrido e imenso silêncio. Sem vazio, sem calor, só a brisa de agosto, passando cheia de poeira, deixando o focinho do cachorro mais sensível... De longe, alguns latidos externos suavizavam a solidão do animal, já também um pouco velho e cansado, nem respondia mais...

Lá pelo dia 28, um ruidoso estrondo encheu o ar da vizinhança. Homens parrudos de braços escuros e musculosos atravessaram o portão da casa, carregando marretas. Um por um levantou o braço, batendo aqui e ali. Foi preciso apenas um sábado para a casa inteira vir abaixo. Prenderam o cachorro debaixo da árvore e só pararam, quando às onze horas, um dos filhos da mulher morta chegou com as marmitas com o almoço. Todos comeram em silêncio resguardados pelos olhares ao chão. Nem mesmo nessa hora lembraram-se do animal de estimação, que de tão triste, não se mexia. Nada comera, só ficou, olhando longamente pro vazio da rua, dessa vez também vazio da casa que se fora. Fora uma longa noite de sábado.

O domingo chegou e alguns moradores vieram ver o que sobrara da casa antiga. Entulhos, restos de paus e ferros, uma estrutura que ruína por completo: da família à casa. Tentara-se apagar as marcas da cena que horrorizou a cidade, mas a memória de alguns ainda guarda o que se passou. Uma velha grade jazia encostada ao pé do muro, foi quando, ao removê-la para junto dos outros entulhos que estavam indo para o caminhão parado na calçada, um dos filhos dera com o cão inerte, estendido ali, entre a grade e a parede escura.

O coitado do jovem quase sucumbira junto à cena tão dura e tão cortante. A pura realidade que estava para ser apagada para o sempre; agora não apenas o silêncio da ausência marcaria aqueles dias de brisa leve, agora também o silêncio da morte do cão fiel pairaria nas almas passantes daquela rua tão distante de tudo...   

*Crônica publicada em 2005 no Jornal Tribuna do Norte - e no extinto blog "Anjos de Prata", após crime bárbaro acontecido na cidade de Parnamirim.

- Com post atual na página da autora.