acesse o RN blog do jornalista João Bosco de Araújo [o Brasil é grande; o Mundo é pequeno]


domingo, 10 de dezembro de 2017

Música: Glorinha Oliveira canta “Cidade Amor”

Glorinha Oliveira, 92 anos, canta “Cidade Amor”, composição dela com Fernando Luiz, acompanhada por Carlança Sena no violão, clipe gravado no Nalva Melo Café Salão, na Ribeira, produção do projeto Som sem Plugs.


Foto reprodução/vídeo

sábado, 9 de dezembro de 2017

Voluntários arrecadam alimentos por toda a semana no RN em ação ao Dia de Solidariedade

Mais de 2 mil voluntários da LBV arrecadam alimentos no Dia de Solidariedade em parceria com o Instituto GPA

Neste sábado (9/12), das 8 às 19 horas, mais de dois mil voluntários da Legião da Boa Vontade (LBV) vão participar do Dia de Solidariedade em 109 lojas do Pão de Açúcar, Extra e Assaí, em 40 cidades brasileiras. A iniciativa criada pelo Instituto GPA, está em sua quinta edição e visa reforçar a atuação de clientes e colaboradores como transformadores da sociedade.

A campanha Dia de Solidariedade consiste em convidar os clientes a doar alimentos da cesta básica que serão destinados a organizações sociais. Para cada 10 quilos de alimentos arrecadados, o Instituto GPA doará mais um quilo às entidades participantes.

Os mantimentos arrecadados pela LBV vão compor as cestas a serem entregues ainda neste mês de dezembro, a famílias atendidas por ela e as amparadas por organizações parceiras da Instituição. Em todo o Brasil, a Legião da Boa Vontade beneficiará mais de 50 mil famílias em situação de vulnerabilidade. Fazem parte da cesta itens como: arroz, feijão, óleo, leite em pó, açúcar, café, macarrão, fubá, goiabada, extrato de tomate, farinhas de milho, de trigo e de mandioca entre outros.

No Rio Grande do Norte, a LBV entregará as doações em diversas comunidades da capital e interior do Estado.

Confira o cronograma:

Macaíba: 11/12, às 9h – Assentamento Eldorado dos Carajás);
Taipu: 11/12, às 16h - Povoado de Pissarreira;
Natal: 12/12, às 9h - Assentamento Monte Celeste;
16/12, às 9h – Famílias atendidas pela LBV no Dix Sept-Rosado e adjacências;
Pedro Avelino: 18/12, às 9h – Povoados da Zona Rural e Quilombolas;
Pedra Preta: 18/12, às 16h;
Baia Formosa: 20/12, às 15h - Morro do seu Pela.

Faça a sua doação! Participe do Dia de Solidariedade promovido pelo Instituto GPA e ajude a fazer um Natal mais feliz a milhares de famílias! Para outras informações, acesse www.lbv.org ou ligue (84) 3613-1655
Arivaldo Oliveira
Assessoria de Imprensa
Foto relacionada à divulgação

Arrecadações para a campanha Natal sem Fome seguem em shopping da capital

Quem passar pelo Natal Shopping até sábado (16) terá a oportunidade de contribuir para a campanha Natal sem Fome. A caixa para receber os alimentos não perecíveis está localizada nas proximidades da praça de eventos, onde está montada a decoração de Natal. A campanha é coordenada pela ONG Ação da Cidadania que, pela primeira vez, tem parceria com duas agências da ONU – a Representação da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO no Brasil) e a FAO, Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura do país.

Além da arrecadação de alimentos não perecíveis, os shoppings da rede Ancar Ivanhoe ainda incentivarão o Troco Solidário, ação que permite que os clientes doem a quantia excedente do pagamento do estacionamento e do brinde atrelado à campanha promocional, para o movimento idealizado pelo sociólogo Herbert de Souza, o Betinho.

O objetivo da ação é arrecadar a maior quantidade possível de cestas básicas e entregar esses alimentos no Natal às famílias cadastradas nos comitês da Ação da Cidadania em 18 estados do Brasil, entre eles, o Rio Grande do Norte.

Mais informações através do site www.natalsemfome.org.br.

Sobre a Ação da Cidadania:

Nasceu em 1993, formando uma imensa rede de mobilização de alcance nacional para ajudar 32 milhões de brasileiros que, segundo dados do Ipea, estavam abaixo da linha da pobreza. O movimento social é baseado em um conceito simples: solidariedade, todos nós podemos. Entre 1993 e 2005 foram arrecadadas 30.351 toneladas de alimentos em todo o Brasil, beneficiando 3.035.127 famílias. Entre 2006 e 2010 foram distribuídos 2.300.000 brinquedos e 500.000 livros em todo o país.

Criada no auge do Movimento pela Ética na Política, a Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida se transformou no movimento social mais reconhecido do Brasil. Seu principal eixo de atuação é uma extensa rede de mobilização formada por comitês locais da sociedade civil organizada, em sua maioria compostos por lideranças comunitárias, mas com participação de todos os setores sociais. [por assessoria de imprensa]
Foto relacionada à publicação

Nota dos bispos do RN sobre a situação da Universidade Estadual do RN

O Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha; o bispo de Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz, e o bispo de Mossoró, Dom Mariano Manzana, estiveram reunidos na manhã dea terça-feira (5), na Cúria Diocesana, em Mossoró. Na ocasião, publicaram uma nota na qual solicitam uma audiência com o governador Robinson Faria para tratar da atual situação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

Segue, abaixo, a nota dos bispos:

Excelentíssimo Senhor
Robinson Mesquita de Faria
Governador do Estado do Rio Grande do Norte

Não é de hoje que a Igreja Católica, como parte da sociedade potiguar, vem acompanhando as manifestações da sociedade em defesa da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN, as quais vêm ganhando cada vez mais notoridade, em função dos últimos acontecimentos, envolvendo servidores dessa tradicional Instituição de Ensino Superior e o Governo do Estado.

No cerne de todo esse processo, está a luta por melhores condições de trabalho e estudos, além da permanência da UERN como instituição de ensino pública, gratuita e de qualidade, cujo legado revela seu importante papel no desenvolvimento do Estado do Rio Grande do Norte e na transformação social da população, deste estado, especialmente a mais carente. Mais recentemente, não deixando de considerar a relevância dos demais temas, a pauta reivindicativa dos que fazem a UERN, pelo que nos tem sido anunciado, gira em torno do pagamento, por parte do Governo do Estado, dos salários dos servidores, garantindo-lhes o direito de proverem a si e a seus familiares, por meio do seu trabalho, o que torna a causa legítima, justa e digna.

Diante desse contexto e do entendimento de que a Igreja tem grande responsabilidade social, ao assumir uma postura ativa no desenvolvimento, entre os cristãos, do espírito de participação na construção de uma sociedade sempre melhor, mais justa e capaz de promover a paz e o bem-estar social, os Bispos do Rio Grande do Norte, reunidos, hoje, em Mossoró, vêm respeitosamente, solicitar a Vossa Excelência uma audiência para tratar da atual situação da UERN, assim como dos demais servidores e pensionistas do Estado. Nessa audiência, estaremos acompanhados de representantes dos Padres do Estado.

Mais do que buscar compreender a temática em tela, a Igreja Católica objetiva contribuir na construção de caminhos para a solução do problema que ora se apresenta.

Antecipadamente, manifestamos nossos agradecimentos pela atenção em atender a esta demanda, colocando-nos à disposição.

Mossoró-RN, 5 de dezembro de 2017

Dom Jaime Vieira Rocha
Arcebispo de Natal

Dom Mariano Manzana
Bispo da Diocese de Mossoró

Dom Antônio Carlos Cruz Santos
Bispo da Diocese de Caicó
Pascom Arquidiocese Natal
Foto relacionada à publicação

ANDIFES ressalta papel da universidade pública para o desenvolvimento nacional

Ensino público, gratuito e de qualidade para todos. O caderno Universidades Federais – Patrimônio da Sociedade Brasileira, publicado na semana passada pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), apresenta números que demonstram a relevância econômica e a transformação social que estes princípios provocam.

Ao mostrar o papel das instituições públicas e gratuitas, mostrando o quanto são eficientes e exercem papel social fundamental, seja na promoção de quase toda a pesquisa científica e tecnológica realizada no país, gerando resultados econômicos extraordinários, seja na formação de profissionais qualificados, o material evidencia como a interiorização das Universidades Federais tem contribuído com a redução das assimetrias regionais, com a descentralização das atividades econômicas e com a fixação de recursos humanos qualificados nos municípios menos populosos.

Assim, a publicação apresenta o contexto atual vivenciado pelo sistema público de universidades federais e traz também as contribuições das 63 instituições de ensino e seus 328 campi ao desenvolvimento do país. O material está disponível no link http://bit.ly/2imydgv. [ASCOM – Reitoria/UFRN]

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Em nota, Corpo de Bombeiros do RN informa que militar da corporação está sendo vítima de estelionatário

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO RIO GRANDE DO NORTE

NOTA

Natal (RN), 6 de dezembro de 2017

Bombeiro Militar do RN é vítima de estelionatário

O bombeiro militar, sargento do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte, Aelson Lopes da Mata, está sendo vítima de um estelionatário desde o mês de junho de 2017. O suspeito está utilizando a identidade funcional militar do sargento do CBMRN para aplicar golpes nos estados do RN e Ceará. Até o momento, mais de dez pessoas já foram vítimas do crime, que ultrapassa os R$ 30 mil de prejuízo.

Tudo começou no mês de junho de 2017, quando o militar, por meio de um aplicativo de compra e venda, tentou financiar a compra de um veículo de uma pessoa que se passava como vendedor da loja Marcelo Veículos, com endereço comercial na cidade de Currais Novos (RN). Após inúmeras conversas, na qual o militar chegou a enviar por meio do whatsapp a cópia de sua identidade funcional militar, o sargento, desconfiado de que se tratava de um golpe, desistiu de concluir a compra do veículo.

A partir daí, o suspeito passou a debochar do sargento, afirmando que utilizaria a identidade funcional militar para aplicar golpes. Desde então, além das inúmeras ameaças, o suspeito passou a utilizar o documento do sargento para fazer novas vítimas, se passando pelo militar. O estelionatário vem se passando pelo militar, dizendo que o sargento está vendendo veículos. Para comprovar a veracidade, ele manda por whatsapp dos clientes a cópia da identidade do sargento.

Informações preliminares apontam que o suspeito atua na cidade de Horizonte (CE). As contas bancárias que as vítimas estão depositando o dinheiro são das cidades de Messejana, Parangaba, Pacajus e Fortaleza, todas no estado do Ceará.

O militar já acionou o aplicativo de compra e venda para retirar seu nome e telefone do site e prestou boletim de ocorrência.

O sargento Aelson Lopes da Mata tem um trabalho reconhecido na Corporação. Atualmente trabalha no Centro de Logística do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte, com 21 anos de carreira militar e serviço prestado à população norte-riograndense. [CBMRN Imprensa]

Delegação de atletas da UFRN apresenta os resultados obtidos nos JUBS

Entre as instituições de ensino superior pública, a UFRN conquistou a segunda colocação

Parte dos atletas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que representaram a instituição nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBS) estiveram no início da noite de segunda-feira (04) com a reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, para apresentar os resultados obtidos pela delegação potiguar nos Jogos Universitários Brasileiros, no mês de outubro, em Goiânia.

Após a competição, que rendeu troféus e medalhas em categorias como vôlei de praia feminino, atletismo, xadrez feminino e xadrez masculino, beach handebol masculino, e a novidade league of legends, modaçlidade de jogos eletrônicos, a UFRN subiu de posição no Troféu Eficiência, ranking organizado pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e que leva em consideração todas as competições e eventos esportivos entre universitários do país.

Na listagem geral, incluindo as instituições privadas, a Universidade passou de quinto para o quarto lugar, enquanto que, entre as instituições de ensino superior pública, alcançou a segunda colocação. Com os resultados obtidos no beach games no último fim de semana, em Manaus, como a equipe feminina campeã nacional e o time masculino vice-campeão, ambos na modalidade do beach soccer, a perspectiva é de que essa posição melhore.

José Pereira de Melo, diretor do Complexo de Esportes e Eventos, ressaltou que o ano foi de muitas conquistas, exemplificadas em competições como os Jogos Universitários do RN e o futebol de campo masculino campeão nacional, com os resultados levando a UFRN a solidificar o reconhecimento nacional no esporte universitário. Ao agradecer atletas, técnicos das equipes e professores, também lembrou das pessoas que compõe os recursos humanos do complexo, “preparadas e comprometidas com o trabalho”.

Junto com o vice-reitor José Daniel Diniz Melo, o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Edmilson Lopes Júnior, e o pró-reitor adjunto de Extensão, Breno Cabral, Ângela Paiva pôde observar na mesa da Sala de Reuniões da Reitoria, onde recebeu os atletas, os troféus que demonstram a força da UFRN. Entre competições nacionais, regionais e municipais, 15 troféus passam a adornar a galeria da Universidade. “O esporte dá uma contribuição substancial em alguns pontos sensíveis, como o desenvolvimento social e a cidadania, realçando valores como o respeito ao próximo, às diferenças. As conquistas são consequência”, sublinhou a gestora. [ASCOM – Reitoria/UFRN]

Estudantes de Mossoró promovem confraternização para crianças assistidas pela AAPCMR

Alunos da Escola Estadual 30 de Setembro promoveram uma confraternização alusiva aos festejos natalinos para as crianças e adolescentes assistidos pela Associação de Apoio aos Portadores de Câncer de Mossoró e Região (AAPCMR) e em tratamento na Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC). A comemoração aconteceu na Sala Hospitalar, na manhã desta terça-feira, 5, coincidentemente, a data em que se comemora o Dia Internacional do Voluntário.

O evento teve direito a lanche, brincadeiras, distribuição de lancheiras e até a presença do Papai Noel, interpretado por um dos organizadores.

A comemoração foi promovida por Kênia Carvalho, Mara Delmiro, Carlos Felipe Herculano, Jiordana Costa e Carolina Lima, um grupo de estudantes do primeiro ano do Ensino Médio, que se mobilizou realizando venda de bilhetes para sorteio e arrecadação de valores e a coleta de doações. Tudo com o objetivo de proporcionar um momento de alegria aos pacientes infantojuvenis em tratamento oncológico.

A iniciativa foi aprovada pelas crianças. É o que confirma a pequena Marília Oliveira, de cinco anos, que gostou de tudo. Para quem promoveu a confraternização, o resultado também foi positivo. “Foi maravilhoso”, diz Kênia Carvalho. “Foi uma experiência única ver o sorriso deles, brincar com eles. Eu espero vir mais vezes”, acrescenta. A expectativa de retorno é compartilhada pelo restante do grupo que, motivado pela solidariedade, deu os primeiros passos no caminho do voluntariado.

TEATRO
Os pacientes infantojuvenis também foram contemplados com apresentações culturais. Na próxima quinta-feira, 7, às 19h, eles assistirão à pré-estreia do espetáculo ‘Branca de Neve’, apresentado no Teatro Municipal Dix-huit Rosado. O espetáculo é promovido pela Biofit Academia de Dança, que fez o convite aos pacientes oncológicos, entre outras crianças e adolescentes que serão contemplados, como informa Cibele Duarte, que integra o grupo.

Já a quinta-feira, 30 de novembro, foi o momento de assistir 'A Bela e a Fera', novo trabalho da Academia Shekiná, apresentado no Teatro Dix-huit Rosado.
Assessoria de comunicação da AAPCMR
Foto relacionada à divulgação

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Olá!

Aos poucos estaremos retornando ao batente. [08/12/2017]

Temporariamente sem atualização. Agradecemos a compreensão de nossos visitantes. [por smartphone]

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Artigo Casa Durval Paiva: A importância do passeio terapia na rotina de crianças e adolescentes em tratamento oncológico

Por Patrícia Marques de Barros
Pedagoga - Casa Durval Paiva

Ao receber o diagnóstico do câncer, algumas alterações e rupturas acontecem na vida da criança ou adolescente. Alterações essas que vão desde os aspectos emocionais, físicos e psicológicos a mudança de rotina e convívio social. Quando o aluno é reinserido no ambiente escolar por meio da classe hospitalar/domiciliar essa retomada à rotina e ao convívio social é feita gradativamente, por meio de tarefas realizadas em sala.

Sempre permeadas pelo lúdico, com o objetivo não só educacional, mas também terapêutico, os educandos em atendimento domiciliar seguem uma rotina com exercícios variados, dentre eles; aulas de informática, desenho e passeio terapia.

O passeio terapia é uma atividade desenvolvida externamente e vivenciada quinzenalmente com as crianças e adolescentes atendidos pela instituição. Com foco no acesso à cultura e lazer, é possível integrar temas propostos em sala com a realidade de vida dos alunos, proporcionando novos conhecimentos de mundo, aprendizagem significativa, inclusão social e momentos prazerosos fora da rotina de tratamento.

Essa atividade permite ao professor fazer várias observações com relação a níveis de aprendizagem, tipos de comportamento e expressões de sentimentos, como nos seguintes relatos: Durante a visita em uma horta, observamos claramente o aluno X em silêncio e um pouco afastado dos demais, contemplando cada detalhe do lugar, em um momento bastante reflexivo. Isso aconteceu porque o aluno oriundo de um dos interiores do Estado, enquanto saudável, tinha esse hábito (plantar, colher e cuidar da terra) com o diagnóstico e tratamento do câncer essa rotina foi completamente alterada, porém, por meio do passeio terapia, foi proporcionado ao educando esse momento de resgate em sua vida, trazendo bem estar e trocas de relatos com o professor.

Em outra situação, o aluno Y em visita a um planetário, sentiu-se incomodado com o ambiente um pouco escuro, necessitando do apoio do educador. Na mesma semana, com a ida a um ambiente semelhante à reação foi oposta, isso mostra a importância de agregar na rotina de crianças e adolescentes a vivência e o conhecimento de outros espaços.
Assim, tem-se constatado cada vez mais a importância do passeio terapia na vida das crianças e adolescentes em tratamento oncológico, tendo em vista que a visitação realizada aos espaços muita vezes não faz parte da sua rotina, por questões culturais, socioeconômicas e até mesmo de acessibilidade.
Assessoria de Comunicação Casa Durval Paiva
Foto relacionada à divulgação

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

II Regional de Saúde de Mossoró institui “Dia Rosa”, 31 de outubro

A II Unidade Regional de Saúde Pública (II Ursap) com sede em Mossoró, através do Núcleo de Humanização e Qualidade de Vida no Trabalho – NHQVT e Núcleo de Saúde do Trabalhador (NURSAT), instituirá  terça-feira (31), das 9h às 12h, no auditório da II Ursap, o Dia  Rosa   dedicado a ações preventivas à integridade da saúde da mulher. O evento será coordenado pelo técnico do NHQVT, Erialdo Rebouças e pela técnica do NURSAT, Lucélia Jamilla Pereira Silva.

Todos os servidores  deverão usar uma peça de roupa na cor rosa. Quem não aderir à ideia deverá colaborar com um quilo de alimento não perecível que será destinado a uma casa de apoio. Haverá palestra e distribuição de panfletos de literatura de cordel abordando a temática Câncer de Mama.

A iniciativa visa a promover, por meio de profissionais qualificados e a intensificação de campanhas públicas, “a conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, com orientação e divulgação de regras básicas de cuidados à integração da saúde da mulher. No denominado “Dia Rosa” serão concentradas ações prioritárias de governo para a saúde da mulher.

“O evento objetiva a prevenção de  patologias e morbidades que se alastram pelas populações deixando rastros de agravos e seqüelas sociais graves e em muitos casos  irreversíveis. Conscientizar as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama e desenvolver ações diversas de prevenção da saúde da mulher”, disse Erialdo Rebouças.

“Além de ressaltar a importância de a mulher conhecer suas mamas e ficar atenta às alterações suspeitas. As ações de conscientização objetivam disseminar o maior volume possível de informações sobre acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, contribuindo para a redução da mortalidade”, informa a técnica Lucélia Jamilla Pereira Silva. [Comunicação Sesap]

Faculdade abre inscrições para curso de gestantes

A Estácio Ponta Negra abre inscrições para o Curso de Fisioterapia para Gestantes. As interessadas em participar dos dois encontros, que serão gratuitos, receberão orientações sobre as alterações que ocorrem no corpo durante a gravidez, e ainda receberão dicas sobre os exercícios que devem ser realizados no período anterior e posterior ao parto. O primeiro encontro acontecerá no dia 9 de novembro, pela manhã, entre às 8h e 10h30.

Áreas como o abdômen, seios e até o sistema urinário podem sentir o peso da gestação e apresentar sequelas pós-parto. No entanto, um acompanhamento fisioterápico pode minimizar estes efeitos. De acordo com a professora de Fisioterapia, Alane Macatrão, quando o tratamento acontece desde o início da gravidez, a mãe tanto pode ter diminuídos estes sintomas, como pode preparar melhor o corpo para o parto.

Durante o curso serão abordados os seguintes temas: cuidados gestacionais, exercícios durante o trabalho de parto, orientações para o pós-parto e amamentação. Os encontros ocorrerão no espaço da faculdade, com alunos do curso de Fisioterapia supervisionados por professores. As interessadas podem entrar em contato para inscrições no turno vespertino, pelo número 3642-7531. [Por assessoria de imprensa]

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Canção Nova lança devocionário e livros dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu

Nesta quinta-feira, 26, na Comunidade Canção Nova, na cidade de Cachoeira Paulista (SP), haverá o lançamento do “Devocionário dos Santos Mártires de Cunhaú e Uruaçu”, do arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, e do livro “O Grito do Amor”, do Padre José Pereira Neto, pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Canguaretama. Os dois livros foram publicados pela editora da Canção Nova.

Na quinta-feira, pela manhã, Dom Jaime e o Padre Neto cumprirão uma agenda de entrevistas, em Cachoeira Paulista. Às 14 horas, no Rincão do Meu Senhor, Padre Neto fará uma pregação com o tema: “Meu Senhor, Meu Deus”. Às 16 horas, no Santuário Pai das Misericórdias, será celebrada missa, presidida pelo arcebispo, Dom Jaime. Na ocasião, haverá o lançamento do Devocionário e do livro.

À noite, a partir das 20 horas, Dom Jaime e o Padre Neto participarão do programa “Escola da Fé”, apresentado pelo professor Felipe Aquino, na TV Canção Nova.
Assessoria de Comunicação
Arquidiocese de Natal
pascom@arquidiocesedenatal.org.br
imagens relacionadas à divulgação

Mais oportunidades de financiamento para micro e pequenas empresas

Para marcar o Dia Nacional da Micro e Pequena empresa - comemorado no dia 05 de outubro - e estimular o crescimento do setor, o Governo Federal promove a Semana Nacional do Crédito, realizada durante o mês de outubro, em datas diferentes, em todo o País. A ação engloba palestras, mini-cursos virtuais e o lançamento de uma linha de financiamento para estimular os empreendedores. Em Natal, acontece a palestra “Cenário Econômico: oportunidades de uso consciente do crédito”, no próximo 27 de outubro, das 16h30 às 18h30, na sede do Sebrae. O evento é gratuito e aberto ao publico interessado.

Também como forma de incentivo, o Governo Federal estabeleceu R$ 9 bilhões em linha de financiamento para micro e pequenas empresas. O contador da Rui Cadete Consultores Associados, Daniel Carvalho, explica que esse valor é fracionado para atender as necessidades dos empreendedores. “Dos R$ 9 bilhões ofertados como subsídio do governo, R$ 8 bilhões são para novos empréstimos e R$ 1 bilhão para renegociação de dívidas. Além disso, os bancos parceiros garantem ofertas especiais de crédito com juros menores”, detalha.

A necessidade em incentivar esses empreendedores vem da importância que o segmento adquiriu ao longo dos últimos anos. De acordo com dados divulgados pelo Ministério do Trabalho, mais de 300 mil postos de trabalho foram gerados pelo setor, eles também garantiram metade dos empregos formais no país, no período de janeiro a agosto de 2017.
“Com esse crescimento das pequenas e microempresas nos últimos anos, chegamos a um ponto em que é preciso qualificar os serviços e produtos ofertados. Com esse recurso a juros mais baixos, o empreendedor pode ampliar a oferta de empregos, preparar mais seus funcionários e aprimorar seus negócios”, esclare Daniel Carvalho.


Para complementar as inovações, um novo Portal do Empreendedor foi lançado, visando facilitar o cadastro do Microempreendedores Individuais (MEI). O portal também permite acesso por meio de dispositivos móveis, como aparelhos celulares e tablets. [Por assessoria de imprensa]

Artigo Casa Durval Paiva: Roda de conversa; um espaço de partilha e diálogo

Por Cícera Katiucia da Silva
CRESS/RN 3595
Assistente Social - Casa Durval Paiva

Oportunizar momentos de diálogo se faz primordial ante um ambiente de descobertas e mudanças. É construir e reconstruir tecendo fios conjuntamente, considerado o ser como capaz de se descobrir e superar desafios impostos pela nova conjuntura. Realidade essa de muitos acompanhantes de crianças e adolescentes com câncer e doenças hematológicas crônicas atendidos pela Casa Durval Paiva.

O serviço social da Casa de forma interdisciplinar com a psicologia trabalha na perspectiva de propor discursões acerca da realidade de vida do grupo familiar, através de rodas de conversa, proporcionando momentos de reflexões, a fim de fortalecer os vínculos e laços familiares. Começar é o primeiro passo, é possibilitar o recomeço a partir de onde se está, reconhecendo fragilidades e horizontes sabendo que o novo, apesar de causar medo, se faz necessário enfrentá-lo.

A roda de conversa é uma ferramenta de trabalho que possibilita ao assistente social conhecer, individualmente, um pouco de cada componente, contribuindo assim para identificar demandas do grupo familiar. É um espaço de diálogo, em que os acompanhantes se expressam concomitantemente e, sobretudo, escutam os outros e a si mesmos, estimulando dessa forma a construção da autonomia dos sujeitos, por meio da problematização e da troca de experiências e vivencias de cada um.

Neste sentido, a proposta é construir um momento de partilha entre o grupo, de modo a trabalhar o autocuidado do acompanhante para assim cuidar do outro – o paciente, entendendo que a mudança só será possível a partir do enfrentamento de todas as barreiras impostas durante o processo de tratamento do paciente.

Assim, o assistente social como profissional tradutor da realidade de vida do núcleo familiar para os demais profissionais da equipe multiprofissional, interpreta os fatores sociais, políticos e econômicos que permeiam a trajetória e realidade social na qual as crianças, adolescentes e seus familiares encontram-se inseridos, orientando-os quanto às mudanças, demandas e necessidades que surjam no decorrer do tratamento.
Assessoria de Comunicação Casa Durval Paiva
Foto relacionada à divulgação

terça-feira, 24 de outubro de 2017

XXIII Cientec da UFRN começa nesta quarta

A XXIII Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura (Cientec) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) começa nesta quarta-feira, 25, a partir das 8h, com programação completa que inclui estandes, sessão de pôsteres, reuniões acadêmicas e eventos paralelos, além de atrações culturais em diferentes polos do campus central. A cerimônia de boas vindas será às 19h, ocasião em que haverá o lançamento da plataforma da Campanha de Eficiência Energética da UFRN, seguida pelas apresentações culturais do grupo Trompetearte e dos músicos Sami Tarik e Xangai.

A sessão de pôsteres e os estandes serão realizados na Praça Cívica do campus central, enquanto as reuniões acadêmicas abordam diversas áreas do conhecimento em mesas-redondas, oficinas, palestras e minicursos que acontecem nos centros acadêmicos, departamentos, institutos, na Escola de Música e na Biblioteca Central Zila Mamede (BCZM).

A programação completa da Cientec 2017 está disponível no site www.cientec.ufrn.br. [ASCOM – Reitoria/UFRN]
Fotos evento 2015 e 2014/Cícero Oliveira 

"Música Potiguar Nosso Som nas Escolas" com Ivando Monte e Michelle Lima


O programa “Música Potiguar Nosso Som nas Escolas”, que faz parte da campanha “Música Potiguar – Nosso Som Tem Valor”, terá a sua décima edição, na próxima quarta-feira (25), às 15h30, na Escola Estadual Luiz Soares. A apresentação será dos cantores Ivando Monte e Michelle Lima, que atuam no cenário musical potiguar há vários anos.

  Desde o lançamento do projeto “Música Potiguar Nosso Som nas Escolas” no dia 8 de março, no colégio CEI Romualdo Galvão, as escolas parcerias vêm trabalhando a biografia, discografia e letras dos artistas potiguares em suas propostas pedagógicas.

 No decorrer deste ano já ocorreram várias apresentações: a Escola Municipal Vereador José Sotero recebeu  Sérgio Groove, Daniel GetUp e Sueldo Soares, o Colégio CEI Romualdo Galvão recebeu Plutão Já Foi Planeta, Carlinhos Zens, Diogo Guanabara, Larissa Costa e Hilkelia, a Escola Estadual Luiz Soares recebeu Nara Costa e Caio Padilha, a Escola Estadual Tiradentes recebeu Plutão Já Foi Planeta, a Escola Municipal Professor Zuza, recebeu Camila Masiso, Luiz Gadelha, Marcos Souto e Valéria Oliveira, e a Escola Graciliano Lordão recebeu Daniel GetUp.

 O objetivo do projeto é apresentar o trabalho de artistas potiguares para as novas gerações, despertando o olhar dos jovens para o talento desses profissionais, bem como para a produção musical do nosso estado.

No decorrer deste segundo semestre, outros encontros  serão realizados, em escolas públicas e privadas da grande Natal, por meio de parcerias com a Green Point – uma das idealizadoras da campanha "Música Potiguar - Nosso Som Tem Valor".

Sobre a Campanha

 Realizada pela Green Point e Dois.a Publicidade em parceria com a InterTV Cabugi, TVU, Rádio Universitária e Tribuna do Norte, a campanha "Música Potiguar - Nosso Som Tem Valor" tem como foco a valorização do trabalho do artista potiguar.

Sobre Ivando Monte

Ivando Monte teve contato com a música desde a infância tendo como influências Chico Buarque, Luiz Gonzaga e Geraldo Azevedo. Começou a escrever aos 14 anos de idade e aos 16 começou a cantar nos Bares e restaurantes da Vila de Ponta-negra.

Fez parte da Banda de MPB, foi guitarrista de algumas bandas de Natal, e participou de movimentos culturais e festivais de música.

Participa do carnaval com shows de frevo e samba, e é  compositor e intérprete na Escola Imperatriz Alecrinense.

Em Fevereiro deste ano lançou o CD “Vista-se de Amor” , um CD de Samba e Chorinho, e está com 3 músicas no Festival da Universitária FM.

Sobre Michelle Lima

Atua na música potiguar há 19 anos. Gravou o seu primeiro CD com músicas autorais e de compositores locais. O segundo e o terceiro CDs foram gravados ao vivo, sempre valorizando a boa música, e o segundo CD teve renda total destinada ao resgate de animais abandonados.

Participou de vários festivais de música, sendo premiada diversas vezes como interprete e compositora letrista.

Michelle vem se dedicando ao samba há 5 anos, atuando como cantora principal do grupo Nem Choro Nem Vela. Como vocalista, participou de vários projetos como: o Lançamento do CD Mestres do Nosso Samba (Solar Bela Vista) e com a cantora e Compositora Valéria Oliveira, participou como backing vocal nos Projetos “Em águas claras”, “Mirá”e “Cores do Nosso Samba”.

Também se apresenta em bares, restaurantes e eventos particulares, com o objetivo de propagar o samba e escolher o repertório para o seu novo CD, que está previsto para ser lançado em 2018.

SERVIÇO:

MÚSICA POTIGUAR NOSSO SOM NAS ESCOLAS

IVANDO MONTE E MICHELLE LIMA

25 de outubro, qaura-feira, às 15h

ESCOLA ESTADUAL LUIZ SOARES

Av. Coronel Estevam - Dix-Sept Rosado, Natal - RN

APOIO: Sollar Comunicação e PlanoB  Marketing

foto relacionada à divulgação

Militares estaduais se unem aos servidores do estado em mobilização de protesto

Os policiais e bombeiros militares, concentrados desde às 9h partiram da sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), no Alecrim, à Governadoria, nesta terça-feira (24). Firmes, anunciaram à população durante a caminhada o descaso do Governo com o funcionalismo público. Por volta das 15h, os representantes das associações e sindicatos foram recebidos pela chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, e equipe do Executivo, em busca de uma solução. Até o momento, sem soluções para a regularização salarial.

“Estamos reivindicando nossos direitos. Direito de receber o salário em dia. Pois, lutar pela justiça do trabalho, é lutar também pela qualidade do serviço prestado à população. Quem não luta pelos seus direitos, não tem direito de tê-los”, proclamou o subtenente Eliabe Marques, presidente da ASSPMBMRN, junto às centenas de militares na caminhada.

Próximo ao Centro Administrativo, os oficiais se uniram aos praças e, entusiasmados pelas palavras de ordem “policiais unidos, jamais serão vencidos”, se reuniram com os demais servidores do RN em frente à Governadoria, em um dos maiores atos públicos realizado neste ano. Segundo a organização do evento, quase duas mil pessoas entre policiais e bombeiros militares, policiais civis, agentes penitenciários, auditores fiscais, servidores da saúde, servidores da administração indireta, se concentraram na mobilização.

A pauta principal é o pagamento do salário em dia. Desde o início do ano de 2016 o funcionalismo público do RN recebe seus pagamentos atrasados. Atualmente, alguns servidores estão com três meses de salários atrasados. Outra questão que motivou o ato foi o pacote de medidas econômicas enviado pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa. Para Eliabe Marques, as propostas implicariam na efetivação do plano de carreira dos servidores. [por assessoria de imprensa]

Fotos relacionadas à divulgação/Daísa Alves

Ações na saúde são tema de reunião entre reitora e prefeito da capital

Duas ações na área da saúde que a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) pretende implantar no próximo ano foram pauta de reunião da reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, com o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves. O primeiro assunto envolveu também o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Kleber Morais, pois o processo para a cessão à UFRN do terreno vizinho à Maternidade Leide Morais, na Zona Norte, será encaminhado até esta quarta-feira, 25, para assinatura do prefeito.  Assim, o gestor do município pediu para que na próxima sexta-feira, 27, ocorresse outra reunião para formalizar o ato.

No local, a UFRN e a Ebserh querem instalar uma nova unidade de atendimento da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), nominada simbolicamente como Hospital da Mulher, com a oferta de 220 leitos. A reitora destacou que as duas instituições chegaram a este número levando em consideração uma avaliação feita na região, “uma das que mais cresce em Natal e que propiciará uma inserção social da Universidade cada vez mais forte”. Também esteve presente na reunião o superintendente da MEJC, Murilo Britto.

Em seguida, a diretora do Instituto Medicina Tropical (IMT), Selma Jerônimo, apresentou o projeto das instalações da nova unidade do IMT ao prefeito. O prédio ficará localizado ao lado do Hospital Giselda Trigueiro, funcionando como um braço operacional da unidade hospitalar, elevando de 15 mil para 80 mil atendimentos anuais. Ela destacou a resolutividade como um dos aspectos de destaque da iniciativa. “As pessoas que se dirigirem ao hospital poderão resolver tudo no mesmo lugar, com efetividade do serviço, integralidade das ações e intersetorialidade. Observamos sobretudo as demandas e necessidades dos usuários”, colocou.

A reitora da UFRN salientou ainda que a parceria da prefeitura é essencial para que, após a inauguração do prédio no primeiro semestre de 2018, toda a capacidade das instalações possa ser revertida em benefício para a população. Além disso, há a necessidade de melhorar a malha viária em torno do Giselda Trigueiro. Para isso, a secretária da STTU, Elequicina Santos, participa de reunião na UFRN na próxima quinta-feira, 26. Também esteve presente na reunião o superintendente de Infraestrutura da Universidade, Luis Pedro. [ASCOM – Reitoria/UFRN]
Foto: Cícero Oliveira

Artigo Casa Durval Paiva: Homeopatia terapia associada ao tratamento do câncer

Por Isabelle Medeiros Resende
Farmacêutica - Casa Durval Paiva
CRF2541

A Organização Mundial de Saúde indica que mortes por câncer estão aumentando, podendo atingir um número estimado de 12 milhões de mortes até 2030. Para tratar o câncer o convencional é a quimioterapia e a radioterapia. Por serem métodos agressivos podem ocasionar muitas reações adversas e até retardar o tratamento. Com o avanço dos estudos e das comprovações científicas, surgiram novas terapias que podem ser chamadas de complementares.

A homeopatia é uma dessas terapias que pode ser associada ao tratamento do câncer, não interferindo na terapia tradicional. Ao contrário, traz benefícios como: alívio dos sintomas e dos efeitos indesejáveis da doença, contribuindo na evolução do tratamento.

A terapia homeopática será feita de acordo com os sintomas que mais tem afetado o paciente naquele momento. Pois quando o paciente recebe o diagnóstico do câncer provoca um desiquilíbrio no organismo, além de dores, medo e incertezas. Os medicamentos homeopáticos são prescritos de acordo com a demanda do paciente. Esse medicamento será manipulado de forma individualizada.

Os medicamentos homeopáticos são prescritos para amenizar os sintomas da quimioterapia e da radioterapia e constituídos de acordo com as características do paciente, onde os estudos científicos comprovam que a associação dos medicamentos homeopáticos ao tratamento do câncer reduzem as reações adversas.

Os medicamentos geralmente são produzidos de substâncias minerais, vegetais e animais diluídos em solução de água e álcool. A homeopatia pode ajudar na melhor aceitação da doença após a descoberta, pois o paciente passa por vários momentos que podem levar a desordens psicológicas, contribuindo para o desequilíbrio do organismo. A terapia complementar ajuda a restabelecer o equilíbrio do organismo melhorando, dessa forma, o sistema imune. Doenças agudas como o caso do câncer são tratadas com baixas potências, já as doenças crônicas são tratadas com alta potência.

De acordo com o farmacêutico e bioquímico Olney Leite Fontes, dentro da farmacologia homeopática, o medicamento homeopático induz uma ação primária no organismo, que tem sintomas semelhantes à doença. Esta ação primária induz uma resposta secundária, oriunda do corpo, que é contrária à ação principal e, portanto, ajuda no restabelecimento da saúde.

A terapêutica da homeopatia está descrita na política de Práticas Integrativas e Complementares do Ministério da Saúde no Brasil, sendo de grande valia para pacientes com patologias diversas incluindo o câncer. No Brasil, os medicamentos homeopáticos são manipulados de acordo com procedimentos de diluição, seguidos de agitação e/ou trituração, em processo padronizado pela Farmacopéia Homeopática Brasileira (FHB, 2011).
Assessoria de Comunicação Casa Durval Paiva
Foto relacionada à divulgação
Postagens mais antigas Página inicial
Copyright © AssessoRN.com | Suporte: Mais Template