acesse o RN blog do jornalista João Bosco de Araújo [o Brasil é grande; o Mundo é pequeno]

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Saúde: Rejuvenescimento facial

Leonardo Spencer
Cirurgião plástico / plastica.spencer@hotmail.com

Com o avanço na qualidade de vida e na medicina nos dias de hoje, cada vez é mais comum pessoas chegando a idades avançadas e com boa qualidade de vida. Justamente por causa desta perspectiva de envelhecimento saudável e vida social intensa é normal que se queira estar com boa aparência. Ao passo que em algumas regiões do corpo uma roupa possa esconder ou até mesmo corrigir momentaneamente um contorno ou aspecto indesejável, a região facial esta sempre exposta, com subterfúgios limitados, que nem sempre suprem o desejo do cliente de parecer mais jovem.

Quando se fala hoje em cirurgia de face, lembra-se de algumas denominações, tais como cirurgia de rugas, “lifting” facial e ritidoplastia. Com o avanço das técnicas e dos conceitos de beleza e volumetria facial, a nomenclatura mais usada hoje é a de cirurgia do rejuvenescimento facial, onde o objetivo cirúrgico não é simplesmente o de retirar excessos de pele ou “levantar” a face, e sim o de recompor volumes faciais perdidos com o avançar da idade. Não se concebe mais faces extremamente repuxadas para a lateral, com perda das expressões, deformidades labiais e pálpebras que não acompanham o olhar para baixo.


A cirurgia de rejuvenescimento facial deve ser - antes de tudo -, agradável aos olhos, dando uma sensação de menos cansaço, mais leveza, vivacidade e, por conseqüência, mais juventude. É um dos ramos mais complexos da cirurgia plástica, pois engloba um conjunto grande de estruturas anatômicas que podem estar envolvidas em uma face não harmônica.

Todas as estruturas contidas na face, tais como pescoço, queixo, mandíbula, maxila, nariz, pálpebras, bochechas e testa, são importantes na obtenção de uma face agradável e harmoniosa, tanto individualmente quanto no tocante às relações entre elas.

É muito importante ressaltar que as estruturas devem ser tratadas tanto superficialmente quanto profundamente, para que obtenhamos um resultado satisfatório, natural e duradouro.

Hoje é possível obter resultados excelentes no rejuvenescimento facial, com naturalidade, aspecto saudável, sem trações excessivas de pele, pois nos conceitos mais modernos de cirurgia da face o mais importante é o reposicionamento das estruturas profundas faciais, corrigindo consumos ósseos, flacidez muscular e perda da elasticidade destas estruturas, situações estas diretamente relacionadas ao processo de envelhecimento.
Somado a todas estas manobras cirúrgicas e cientificas, hábitos de vida saudáveis são sempre muito importantes, tais como uma boa alimentação, atividade física regular, evitar fumo e álcool e Sol, que é o maior fator de envelhecimento da pele.

A recuperação de uma cirurgia como esta depende dos procedimentos associados, quais estruturas tiveram indicações cirúrgicas, do fator individual de resposta ao trauma cirúrgico (alguns pacientes incham mais do que outros, fazem mais manchas roxas, etc.) Em geral varia de 20 a 30 dias para que retorne às suas atividades normais e 60 dias para atividades físicas. As drenagens linfáticas são fundamentais para boa recuperação e resultado (de 10 a 20 sessões). Vários procedimentos ambulatoriais podem ser associados aos procedimentos cirúrgicos para um melhor resultado, tais como aplicação de toxina botulínica, preenchimentos, “peelings”, dependendo da avaliação individual de cada caso.

E lembre-se: Cirurgia Plástica é com o cirurgião plástico.

Por assessoria
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © AssessoRN.com | Suporte: Mais Template